No primeiro split de 2022, os 18 melhores times do país voltaram a se encontrar. BD Vasco, Magic Squad e 00 Nation fizeram sua estreia na elite nacional, enquanto Team Liquid, primeira campeã nacional e agora formada pelo elenco da antiga SS e-Sports, finalmente voltou para seu lugar de direito.

Os 12 melhores times da Fase de Classificação seguiram para a Grande Final, enquanto o último da tabela foi diretamente rebaixado para a Série B da LBFF 8. Com exceção do 13º colocado, que garantiu a permanência na Série A, os times do meio da tabela disputaram o Grupo de Acesso ao lado de outras oito equipes da Série B.

SAIBA MAIS


Assista: Jogos da LBFF 7

Confira: Fotos da LBFF 7

Campeão e MVP

O título parecia querer ficar nas mãos da B4, que queria o inédito bicampeonato, e o Magic Squad, que estreou na Série A e dominou praticamente toda a Fase Classificatória. Mas na Grande Final, a LOUD, que vinha de uma crescente incrível das últimas semanas, estabeleceu um domínio poucas vezes visto e conquistou um título expressivo, colocando seu nome em definitivo na história da LBFF.

A Vivo Keyd também surpreendeu e conquistou outro vice-campeonato, o quarto de sua história, e garantiu uma vaga nos play-ins do FFWS 2022 Sentosa.

Pela primeira vez, a LBFF teve dois jogadores MVP, um da primeira fase e outro considerando apenas a Grande Final. Yago, da B4, foi o grande destaque da Fase Classificatória e chegou aos 166 abates em 81 quedas disputadas. Já na decisão presencial, Lost garantiu 21 abates para os campeões e justificou sua recém-contratação.

Premiações

Outra novidade da LBFF 7 foi a premiação de Revelação da Temporada. O prêmio ficou nas mãos do Cabuloso Trap, to Cruzeiro, que quebrou o recorde de maior número de abates em uma única rodada da Série A e se tornou jogador caro.

Já o squad perfeito foi democrático e ficou assim:

  • Yago (B4)
  • Bops (Magic Squad)
  • Lost21 (LOUD)
  • Gus (Los Grandes)
  • Técnico: Luuuking (Magic Squad)