O primeiro split de 2021 reuniu os 18 melhores times do país divididos em três grupos. LOUD, Meta Gaming, KPA E-Sports (representada pelo Flamengo Esports) e INTZ vinham do Grupo de Acesso. Team oNe e Real e-Sports (representado pelo Santos) haviam sido promovidos da Série B.

Os 12 melhores times da Fase de Classificação seguiram para a final. Os dois times do fim da tabela foram diretamente rebaixados para a Série B da LBFF 5. Os times do meio da tabela disputaram o Grupo de Acesso para a LBFF 5, com outros oito times da LBFF 4 Série B.

O Fluxo garantiu vaga na Fase Final do Free Fire World Series (FFWS) e a LOUD disputou o play-in. Disputado em Singapura, o FFWS 2021 SG foi vencido pela equipe tailandesa Phoenix Force. A LOUD ficou com o vice-campeonato e o Fluxo com o quarto lugar.


SAIBA MAIS

LBFF 4 começa dia 23 de janeiro; confira todas as novidades


Assista: Jogos da LBFF 4

Confira: Fotos da LBFF 4

Campeão e MVP

O Fluxo, recém-formado por Nobru e Cerol, foi campeão da LBFF logo em sua temporada de estreia. Syaz foi a grande revelação da temporada e Ruan, do Santos, foi o MVP com 111 abates.

FLUXO_CAMPEÃO LBFF 4

Premiações

Eleito pelo público, o Brabo da Galera foi Will, da LOUD. Já a Seleção LBFF foi decidida da seguinte forma: a cada rodada, um jogador era eleito pelos casters como destaque. Esses jogadores formaram uma pré-lista, que então foi votada entre todos os jogadores e técnicos inscritos naquela edição. Todos os 18 técnicos também concorreram ao prêmio.

Syaz: Revelado pela base da LOUD, Gabriel “Syaz”Vasconcelos estreou no competitivo do Free Fire com o pé direito, levando pra casa o título da LBFF e o anel da Seleção em sua primeira temporada.

Cauan7: Em sua temporada de estreia pela LOUD, Cauan fez jus ao hype da transferência e manteve um rendimento excepcional. Foi um dos responsáveis por conduzir a campanha do vice-campeonato da equipe, até hoje o melhor desempenho do time em uma LBFF, e garantiu uma vaga nas Classificatórias do Mundial de Singapura, além do segundo anel da Seleção LBFF.

MemGod: Eleito duas vezes seguidas Seleção LBFF, o atual jogador do Corinthians mostrou ser regular. Apesar da boa campanha da FURIA na LBFF 4, quando terminaram a Fase de Classificação em 3°, o time acabou não indo bem na Final. 

RuanAM: Ruan “Ruan”da Rocha, campeão da LBFF 6 pela B4, é um dos maiores nomes do cenário nacional e foi MVP da quarta temporada, quando ainda atuava pelo Santos e-Sports. O Peixe não levou o título, mas Ruan conquistou a coroa de MVP ao alcançar a marca de 111 abates em 81 quedas. Na época, havia sido a primeira vez que o MVP da LBFF não era um jogador do time campeão.

K9 (técnico): A dobradinha do “Mestre”K9 na Seleção LBFF teve sabor especial, uma vez que o técnico fazia sua estreia pelo Fluxo. Jogadores e técnicos da LBFF 4 reconheceram a superioridade do coach, que comandou o time numa campanha avassaladora com direito a vaga direta no Mundial de Singapura.