Corrida do Milhão – Tudo sobre o Grupo B

A Corrida do Milhão está começando, e o Grupo B abre a competição com o primeiro campeão nacional e as promessas femininas da Hummer Esports

Depois de conhecermos todos os detalhes sobre o Grupo A, é hora de saber um pouco mais sobre as equipes do Grupo B. Ambos entram nos servidores na noite desta terça-feira e dão início à Corrida do Milhão, a mais nova edição da C.O.P.A. FF.

O Grupo B chega com um campeão nacional e um dos destaques da última edição da Liga Brasileira de Free. Mas além disso, é o lar da Hummer eSports, equipe do cenário feminino que promete dar trabalho.

Team Liquid 

– But – MTS – Phoenix – Yago – Pedro.RS –

Primeira campeã da Liga Brasileira de Free Fire, a Team Liquid voltou para a elite nacional somente em 2022 após o duro rebaixamento na quinta temporada. Para isso, adquiriu a vaga da antiga SS e-Sports, já que não conseguiu a classificação durante a LBFF 6. Em sua volta à primeira divisão, passou por algumas dificuldades no início, mas logo se adequou ao novo meta e garantiu uma tranquila sétima colocação.

Mas no dia decisivo, o desempenho ficou abaixo do esperado e a Cavalaria terminou apenas com o 10º lugar. Mas um nome ainda mostrava sua força no cenário: MTS. Com 164 abates e 95 assistências, o MVP da sexta temporada liderou o time ao longo das 117 quedas da longa temporada.

Para a segunda metade de 2022, a Team Liquid traz um reforço de peso: Yago. Ter os dois últimos MVPs nacionais parece promissor e a torcida já pode sonhar com os velhos tempos.

Real e-Sports 

– JapaXL – VM7 – Tatu13 – Bodão13 – Ginger – King – Cria9 –

A Real lutou até as últimas balas para assegurar sua classificação para a próxima temporada da Liga Brasileira de Free Fire. Após terminar a Fase de Grupos apenas na 16ª colocação, precisou disputar o sempre temido Grupo de Acesso e conseguiu o quarto lugar – também conhecido como última vaga -, trazendo de volta as duras lembranças da LBFF 6.

Em sua busca incansável por resultados melhores, a Real chega na Corrida do Milhão com uma grande reformulação: saem Antunes, TriploX e GTECOXC e chegam Bodão13, Ginger, King e Cria9.

Cruzeiro eSports

– Trap – Guiga – Rush – Vitin9 – Bielgod –

Em sua terceira participação na LBFF, a Raposa suou para garantir uma vaga na final, em que ficou apenas com a oitava colocação, apesar de garantir um Booyah. A temporada foi marcada pela revelação de Trap, que desembarcava na competição e liderou a equipe em abates e assistências, com 143 e 79 respectivamente – atuação que lhe rendeu o título de Revelação da Temporada, decidido em votação popular.

Para a Corrida do Milhão, saem R7 e Menor10 e chegam Vitin9 e Bielgod – dois jogadores experientes no cenário e prometem levar o Cabuloso rumo à sua melhor fase.

iNCO Gaming 

– LU1Znj – Nintendo – Bzn9 – BALLA7 – GLAUCO7 –

Vice-campeã da Série C da LBFF 7, a iNCO chega na Corrida do Milhão buscando entrosar seu elenco e mostrar que pode almejar uma vaga na elite brasileira no próximo ano. Pensando nisso, a equipe passou por uma grande reformulação, mantendo apenas LU1Znj e Nintendo dos jogadores vice-campeões. Chegam Bzn9, BALLA7 e GLAUCO7, além do técnico Joker.

Magic Squad 

– Bops – GodKill – Draxx7 – Bueno – Guaxa – Italo –

Talvez o melhor estreante da história da Liga Brasileira de Free Fire, o Magic Squad liderou boa parte da Fase de Grupos de sua temporada de estreia na elite e garantiu um expressivo terceiro lugar na Grande Final. Se somarmos as duas etapas, o Magic Squad foi aquele que mais pontuou ao longo da sétima temporada: foram 1.190 pontos, 31 a mais que a LOUD, atual campeã nacional.

Depois de apostar numa mistura de juventude e experiência – e ver que as dá certo – o time resolveu apostar na continuidade dos trabalhos e continua com o mesmo elenco. Não se impressione se eles vencerem a Corrida do Milhão.

Hummer Esports

– Rhay7 – Debbszada – BiaLoka7 – Lara – JuliaLok –

Disputou e venceu – com tranquilidade – a Taça da Patroa com a tag Up Gaming. Depois de uma primeira fase tranquila, em que terminou com o segundo lugar do Grupo B com 125 pontos e se classificou diretamente para a final, a equipe dominou. Foram dois Booyahs e 82 pontos nas cinco quedas do dia decisivo – diferença de 18 pontos para a vice-campeã.

Todas as integrantes do time já participaram do cenário misto, sendo Debbszada a primeira mulher a disputar uma queda na primeira divisão da LBFF. É hora de mostrar a força do cenário e surpreender no complicado Grupo B.

C.O.P.A. FF

Com o tema Corrida do Milhão, a nova edição da C.O.P.A. FF terá início no dia 21 de junho e terá sua final no dia 2 de julho. O torneio terá transmissão na tv aberta, pela RedeTV! aos sábados e domingos, durante a fase classificatória, além dos canais oficiais no YouTube, na BOOYAH!, e no TikTok, durante os dias de semana.

Serão 24 equipes na disputa pelo prêmio de um milhão de reais. No torneio, os 18 times classificados para a série A da LBFF 8 serão chamados junto a outras quatro equipes convidadas, – Nhanha e Divinéia (vencedores do Taça da Favela FF), e Los baianos e Inco Gaming (campeão e vice da LBFF Série C). As equipes campeã e vice da Taça da Patroa fecham a lista de convidados.

Além da premiação, os jogadores também concorrem aos títulos de MVP. Um deles, disputado apenas entre os jogadores de times classificados para a Série A da LBFF 8 e o outro, entre os competidores dos times convidados.

Para mais informações de Free Fire, acompanhe as redes sociais oficiais de esports no FacebookInstagramTwitter e TikTok.

Categorias: C.O.P.A. Free Fire, Destaques, Free Fire