Corrida do Milhão – Tudo sobre o Grupo A

Nesta terça-feira começa a Corrida do Milhão, na mais nova edição da C.O.P.A. FF; conheça os seis times integrantes do Grupo A

Nesta semana começa uma verdadeira Corrida do Milhão com a nova edição da C.O.P.A. Free Fire. Serão 24 times, divididos em quatro grupos e disputando as 12 vagas para a Grande Final, que acontece no dia 2 de julho e tem uma premiação poucas vezes vista nos esports. Para esquentar os ânimos para a estreia, nada melhor do que conhecer os times que integram o Grupo A do campeonato.

Com dois campeões nacionais, essas seis equipes entram nos servidores na noite desta terça-feira, a partir das 18 horas, para dar início a mais um sonho.

B4

– oICE 7 – Proxx7 – Romeu – Chinês – Lapa –

A B4 terminou a primeira fase da sétima temporada da LBFF na primeira colocação, mas decepcionou na final e terminou apenas com a 11ª colocação. Após este resultado, a equipe decidiu passar por uma grande reformulação. Do elenco que participou da última competição, apenas Chinês e Lapa, que até então era reserva, continuam na equipe, além do técnico Machado.

Para completar o time, foram contratados ICE7 e Proxx7, que jogaram a última série B pela Stars Horizon e disputaram o grupo de acesso, e Romeu, um dos destaques da rebaixada Nitroxx.

Os Bastardos participaram da primeira edição da C.O.P.A. FF e, após terminarem a primeira fase na ponta da tabela, terminaram o dia decisivo na 5ª posição.

Meta Gaming 

– Erick – Leal – Pão7 – RafaX – Caue –

Na sua quarta Liga Brasileira de Free Fire, a Meta Gaming se classificou para a final com a 11ª colocação. Na decisão, ficou com a 9ª posição: a pior colocação da equipe em uma etapa da competição nacional. Mesmo com o resultado, a equipe decidiu dar uma nova chance nos seus jogadores e trouxe apenas uma mudança no elenco. Saiu Mamute e, para seu lugar, foi contratado Leal, que disputou a Série B da LBFF 7. 

TSM FTX 

– Bob7 – Brofo Fé – Raone7 – Federal – Isopor21 – Itachi Fé

A TSM FTX fez sua estreia na elite do Free Fire na sexta temporada da Liga Brasileira. Porém, o fraco desempenho levou a equipe para o Grupo de Acesso e, após uma tarde longe do sucesso, ficou apenas na 10ª posição e conheceu o rebaixamento.

Na divisão inferior, a equipe conseguiu finalmente mostrar seu jogo e, após brigar pelo título e terminar a final na terceira posição, disputou mais uma vez o Grupo de Acesso. Desta vez, foram dois Booyahs e 55 abates, garantia de primeiro lugar e de uma segunda chance na primeira divisão.

Agora, após alcançar o objetivo de voltar à Série A, a TSM aposta no entrosamento e mantém todos os seus jogadores para a C.O.P.A. FF. Além disso, trouxe mais um reforço: Itachi Fé. 

Los Baianos 

– Hider – Gui – Vitin – Lemos – Sagatti –

Campeã da disputada Série C da sétima temporada da Liga Brasileira de Free Fire, a Los Baianos chega na Corrida do Milhão querendo mostrar que vai brigar para conquistar sua vaga na elite nacional no próximo split.

Para isso, a equipe manteve a base do elenco campeão e trouxe apenas Vitin, que jogou a Série B pela Rampage. Nesta C.O.P.A. FF, terá a chance de se testar contra as melhores equipes do cenário nacional – o Grupo A não chega para brincadeiras.

Fluxo 

– Syaz – JapaBKR – Ousado – Fac – Cruel –

Após começar com o pé direito a Fase de Grupos da LBFF 7, o Fluxo sofreu uma queda de desempenho e terminou a etapa apenas com a quinta colocação e míseros sete Booyahs. Já na Grande Final, a equipe não conseguiu se fazer presente na disputa pelo título e acabou na mesma posição.

O grande destaque do time foi, novamente, Syaz. O craque liderou a disputa pelo MVP durante grande parte da competição, mas acabou sendo ultrapassado por Yago, então na B4, e terminou a competição com 163 abates e 89 assistências – números ainda assombrosos.

Apesar do resultado abaixo do esperado, a equipe se mantém para a disputa da Corrida do Milhão com apenas uma modificação: sai Nobru, que jogou apenas quatro quedas na temporada, e entra Cruel.

Team CapGui 

– Kiledy – One9 – Vinhal – BossW – Preguiça – Suplay –

Tem equipe nova no cenário nacional de Free Fire. A Team CapGui, formada por jogadores – e um técnico, que inclusive dá nome à equipe – muito experientes no cenário, faz sua estreia em uma corrida pela riqueza. Além dos velhos conhecidos da Liga Brasileira, a equipe traz duas apostas, Preguiça e Suplay.

C.O.P.A. FF

Com o tema Corrida do Milhão, a nova edição da C.O.P.A. FF terá início no dia 21 de junho e terá sua final no dia 2 de julho. O torneio terá transmissão na tv aberta, pela RedeTV! aos sábados e domingos, durante a fase classificatória, além dos canais oficiais no YouTube, na BOOYAH!, e no TikTok, durante os dias de semana.

Serão 24 equipes na disputa pelo prêmio de um milhão de reais. No torneio, os 18 times classificados para a série A da LBFF 8 serão chamados junto a outras quatro equipes convidadas, – Nhanha e Divinéia (vencedores do Taça da Favela FF), e Los baianos e Inco Gaming (campeão e vice da LBFF Série C). As equipes campeã e vice da Taça da Patroa fecham a lista de convidados.

Além da premiação, os jogadores também concorrem aos títulos de MVP. Um deles, disputado apenas entre os jogadores de times classificados para a Série A da LBFF 8 e o outro, entre os competidores dos times convidados.

Para mais informações de Free Fire, acompanhe as redes sociais oficiais de esports no FacebookInstagramTwitter e TikTok.

Categorias: C.O.P.A. Free Fire, Destaques, Free Fire
Tags: , , , , ,