Semifinais da Série B da LBFF 7 se encerram em noite equilibrada

Na noite de encerramento das Semifinais da Série B da LBFF 7, o Caos foi instaurado. Agora são apenas 12 times, uma rodada e uma única vaga

Caos instaurado na LBFF
Chegamos ao fim das Semifinais da Série B da LBFF 7. Na noite de encerramento, a TropiCaos voltou a mostrar o melhor do seu Free Fire e, mesmo com apenas um Booyah, foi a mais regular de uma noite equilibrada e decisiva, somou 73 pontos e alcançou a vice-liderança. Para apimentar as coisas, a equipe ainda acabou com os sonhos de dois rivais na queda decisiva e é promessa de Caos na Final.

AmazonCripz e suas histórias
Depois de começar as semifinais quase dando adeus à quaisquer chances de classificação, a AmazonCripz protagonizou mais uma história de superação na LBFF. Depois de uma primeira semana trágica, eles levantaram, sacudiram a poeira e se recuperaram de forma magistral. Na noite desta quinta-feira (31), eles mostraram um jogo agressivo desde as primeiras quedas, garantiram o primeiro Booyah da noite e marcaram presença na decisão de várias partidas. São perigosos, querem a elite de volta e chegam com grandes chances de conquistar a vaga única.

Falando em favoritos…
Mais uma aula de regularidade da paiN Gaming, que finalizou as semifinais em uma noite de 72 pontos e liderança isolada. Liderança que garante preciosos 12 pontos para a Grande Final – e a gente sabe a importância desses pontinhos extras. A pergunta que fica é: quem pode parar os Tradicionais?

Temporada de provações
Por fim, seis equipes não conseguiram a classificação para a Grande Final da Série B e precisarão passar pela próxima temporada: Por fim, alguns times deram adeus à competição e só poderão disputar no próximo split. São eles: Imortal Force, MIBR, Strix, Team Checkmat, Bonde e DT Gamers.

destaque-semifinais-9-série-b

Confira um breve resumo da rodada, disputada entre os Grupos B e C.

Queda 1 – Purgatório

BOOYAH!: AmazonCripz (+23 pontos)

Na primeira queda desta noite tão decisiva na série B, as equipes partiram para a trocação bastante cedo e isso rendeu um belo squad wipe da Strix em cima da FURIA. No decorrer da partida, a Strix continuou sem freio e terminou com um desempenho bom o suficiente para terminar no top 2 dos times que mais pontuaram. 

Já no endgame, a paiN deu caras como favorita para levar a vitória, como já mostraram que conseguem pela excelente regularidade nas últimas semanas. No entanto, eles deram de cara com uma AmazonCripz bastante determinada a conseguir uma vaga na grande final. A ACZ se posicionou com muita disciplina e assim conseguiu punir a paiN com a maestria. Booyah dos amazonenses.


Queda 2 – Kalahari

BOOYAH: FURIA (+22 pontos)

Já vimos muitas vezes a zica do Booyah para o lobby, mas mudar seu status de equipe que cai primeiro na queda para depois conquistar um Booyah dominante em seguida é novidade. A responsável pelo feito foi a FURIA, time que já mostrou muito da sua qualidade ao longo desse split e que certamente é um dos fortes candidatos para a classificação direta para a Série A.

A Amazon Cripz fez mais uma boa apresentação e ameaçou sair com a dobradinha nesta primeira passagem por Kalahari. E a paiN também deu as caras em mais um endgame, coisa que já virou rotina para os Tradicionais. A Imortal Force também chegou por lá, mas muito desfalcada. GabeShow até tentou fazer aquela baguncinha, mas não demorou para ser neutralizado.


Queda 3 – Bermuda

BOOYAH: Fanit (+20 pontos)

A FURIA queria muito garantir a dobradinha nesta terceira queda e não dá pra dizer que eles não tentaram. A equipe chegou em mais um endgame somando mais de dez abates, mas acabou caindo na terceira colocação. Já o TeamCheck apresentou sinais de vida depois de duas quedas em que ficaram apagados.

Na última trocação do mapa, a paiN se encontrava em uma situação difícil, somente Kaueloki estava de pé e teria que enfrentar os últimos jogadores da Fanit em desvantagem. No entanto, ele ensaiou um highlight no mesmo estilo do seu parceiro Victor7 na primeira fase do split. Mesmo derrubando alguns jogadores, não foi o suficiente para sair com a vitória. Booyah da Fanit, que fez uma ótima partida.


Queda 4 – Purgatório

BOOYAH: Team Checkmat (+17 pontos) 

A FURIA percebeu que a paiN estava desbalanceando as partidas e decidiram fazer a famosa quebra de call. E deu certo, os Panteras conseguiram tirar a força dos Tradicionais os mandando para o lobby mais cedo do que eles estão acostumados. No entanto, a FURIA não conseguiu se manter viva por muito tempo e nem conseguiu chegar no endgame.

Sem estes dois gigantes dentro de jogo, vimos um final de partida diferente do usual. A grande decisão ficou entre o Team Checkmat e a Seven TV. E no fim das contas, os enxadristas coroaram a melhora de desempenho na última queda com um Booyah importante nesta decisiva semifinal.


Queda 5 – Kalahari

BOOYAH: Imortal Force (+23 pontos)

A quinta queda foi palco de mais retomadas para algumas equipes. Foi o caso da Orn, time que vinha emplacando bons resultados nas últimas rodadas, mas não apareceu para o jogo no começo da noite. As coisas mudaram nessa segunda passagem por Kalahari. Mesmo que a reação tenha vindo tarde, é importante que a equipe acorde porque a grande final está logo ali.

Quem também voltou a mostrar seu melhor Free Fire nesta reta final foi a Imortal Force, equipe que precisava ralar bastante para sonhar com a chance de disputar pela classificação para a Série A, mas acabaram ficando pelo caminho. Os Imortais não tomaram conhecimento da Seven TV e conquistaram o penúltimo Booyah da semifinal.


Queda 6 – Bermuda

BOOYAH: TropiCaos (+28 pontos)

Logo no início do jogo, a TropiCaos acabou com as chances da Imortal Force, que só precisava de 14 pontos para se classificar na grande final. E a Caos não teve dó dos Imortais e fincou bandeirão para comemorar a eliminação dos seus adversários. Outro ponto alto da partida foi o duelo mano a mano de Rocksx da paiN contra Ratin da FURIA, com ambos de carga extra. Rocksx levou a melhor e ajudou os Tradicionais a se firmarem na liderança.

A reta final da queda viu uma MIBR embalada com vários abates tentando ao máximo conseguir os últimos pontos para se classificar na próxima fase. Mas a TropiCaos acabou com mais um sonho e saiu com o último Booyah da semifinal. Se a Made in Brazil tivesse conseguido wipar a Caos, teria pontuado o suficiente para se avançar na competição, mas agora só volta a jogar a Série B no próximo split.


Classificação da Série B da LBFF 7

Com o fim das Semifinais da Série B da LBFF 7, a classificação ficou assim – os 12 primeiros estão classificados para a Grande Final:

classificação-semifinais-série-b

Confira tudo o que aconteceu na oitava semana da Série A da LBFF 7.


A Série B da LBFF 7 volta no dia 9 de abril para a Grande Final, a partir das 13h (horário de Brasília). Você pode acompanhar as transmissões simultâneas no YouTubeBOOYAH e também no Facebook.

Agora os fãs podem acompanhar a LBFF pelo perfil no TikTok, além dos perfis no FacebookInstagram Twitter. Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF no Twitter.

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série B
Tags: , , , , , , , ,