Orn brilha e se recupera no quarto dia de semifinais da Série B da LBFF 7

Orn encaminha recuperação nas Semifinais da Série B da LBFF após primeira semana trágica; paiN vai mal, mas consegue se manter na liderança

Uma corrida contra o tempo
Depois de um péssimo início nas semifinais da Série B da LBFF 7, a Orn iniciou a segunda semana da etapa com o pé direito e correndo contra o tempo para se recuperar e encaminhar a classificação. Além do Booyah, a equipe somou 44 abates e chegou aos 78 pontos na noite desta terça-feira – pontuação superior ao total conquistado pela equipe na última semana. Como resultado, a Orn salta de um preocupante 16° lugar para o sétimo, ainda que temporário.

Noite de equilíbrio na Série B
Imortal Force e Fanit tentaram acompanhar os líderes da noite e empataram em 63 pontos, que evidenciam a crescente vivida por ambas. Ainda assim, a Imortal Force vem sofrendo com altos e baixos dentro de uma mesma rodada, o que é preocupante para uma possível final. A última queda foi a grande salvadora da noite para a equipe gremista: 25 pontos e um respiro aliviado na oitava colocação. Já a paiN teve uma atuação bem abaixo da média estabelecida nas semanas anteriores e somou apenas 49 pontos, o suficiente para se manter na liderança.

Na parte inferior…
As coisas não vão muito bem para a Strix. A equipe somou apenas 23 pontos na rodada e precisa reagir rapidamente se quiser sonhar com uma vaga. Já a AmazonCripz parece ter se recuperado da trágica primeira semana de semifinais e somou 50 pontos na rodada – ainda não é o suficiente para entrar na zona de classificação, mas esperança nunca é demais.

orn-destaque-semifinal-4-série-b-lbff-7

Confira um breve resumo da rodada, disputada entre os Grupos B e C.

Queda 1 – Purgatório

BOOYAH!: AmazonCripz (+18 pontos)

Logo nos primeiros minutos da terça-feira de semifinal, a FURIA trocou com a Fanit logo de cara e já coletou um abate. Entretanto, a MIBR viu a confusão do lado de fora e quis fazer parte. Dessa forma, o público pôde acompanhar um duelo entre duas das equipes mais tradicionais do cenário de esportes eletrônicos do país. Neste caso, a FURIA levou a melhor, mesmo sendo pega de surpresa e botou os rivais para correr e sobreviver mais tempo na queda.

Quem também veio bem na queda foi a AmazonCripz, que conseguiu um belo squad wipe para cima da Tropicaos e chegou embalada para o fim de queda. Eles disputaram o booyah com Bonde e Fanit. Melhor para a ACZ, que estava com vantagem númerica em relação aos adversários e conseguiu fazer valer este fator. A Fanit até tentou resistir, mas não deu mesmo para eles. Booyah da AmazonCripz.


Queda 2 – Kalahari

BOOYAH: Seven (+16 pontos)

Por incrível que pareça, Kalahari nao teve muitos confrontos por vários minutos. Para falar a verdade, o mapa contou com diversas rotações estudadas, o que ocasionou em 12 minutos com todos os 48 jogdores ainda vivos. Até que a FURIA resolveu eliminar os jogadores da Strix e instaurou o pandemônio no mapa. Homenageando a famosíssima Valesca Popozuda, o final de queda foi tiro, porrada e bomba.

Chuva de capa, trocação quente para todos os lados. Nessa confusão toda, paiN e Bonde pareciam levar a melhor, mas a última zona segura começou a fechar e as duas equipes entraram em uma trocação intensa. Quem não tinha nada a ver com isso e fez a egípcia foi a Seven, que viu os adversários se degladiarem, mas sobrou vivíssima com três jogadores no fechamento milimétrico da safe. Booyah deles.


Queda 3 – Bermuda

BOOYAH: Orn (+18 pontos)

Seven e Orn se estranharam logo de cara em Bermuda e a Orn perdeu um jogador e achou melhor não enfrentar a equipe que estava quente e vinha de um booyah. Apesar dessa trocação inicial, o destaque da primeira metade ficou mesmo com Lee da Tropicaos. Ele foi responsável de reverter uma situação de 2×4 contra a Strix. Parecia que o caldo ia azedar, mas ele garantiu três abates e encaminhou o primeiro squad wipe do mapa.

Ao final de queda, Seven, Orn e Imortal force sobraram para disputar a vitória. As duas primeiras se estranharam em um confronto que acabou ficando melhor para a Orn, que eliminou a equipe adversária e sobrou com três vivos para contar história. Assim, mesmo após uma trocação intensa, a Orn veio forte e com mais jogadores do que a Imortal Force e aproveitou da vantagem para garantir o booyah.


Queda 4 – Purgatório

BOOYAH: Tropicaos (+20 pontos) 

Purgatório voltou de forma tranquila, pelo menos pna primeira metade. Para não falar que não teve trocação de tiro, Fanit e Imortal Force se estranharam. Os Imortais perderam um jogador e tentaram recuar, mas não foram rápidos o suficiente e foram perseguidos pelos adversários. Melhor para a Fanit que conseguiu valiosos pontos de abate, além de presentear a queda com o primeiro squad wipe após vários minutos.

Aliás, para mostrar que Free Fire também é tática, a Seven chegou até o final de queda sem precisar sujar as mãos, ou seja, nenhum abate na conta. Entretanto, eles logo provaram que aquilo não era falta de bala, mas sim tática e logo botaram a Orn para dormir. Eles ainda disputaram o booyah até o final, mas a Tropicaos estava com mais jogadores e eliminou tanto Seven quanto MIBR para ficar com o booyah em Purgatório.


Queda 5 – Kalahari

BOOYAH: Fanit (+22 pontos)

Kalahari voltou com um confronto entre duas forças dignas de Série A, uma vez que estavam lá até pouco tempo atrás. AmazonCripz e FURIA se enfrentaram e sofreram um na mão do outro. Entretanto, o saldo foi positivo para os Panteras que conseguiram o squad wipe e utilizaram os dois jogadores restantes para reviver os amigos caídos e seguir firme para conseguir mais pontos na queda.

Quem também veio quente foi a Orn, que consolidou a boa noite e sobreviveu para disputar o booyah com Fanit e Checkmat. Aliás, um de seus jogadores, Gui, só não fez chover. Ele segurou o ímpeto da Checkmat e sobreviveu sozinho para disputar um bom segundo lugar. Vale ressaltar que ele ainda dava trabalho para a Fanit, contra três jogadores, mas a safe foi cruel com o jogador e fechou em suas costas e deu fim ao sonho. Booyah para a Fanit.


Queda 6 – Bermuda

BOOYAH: Imortal Force (+25 pontos)

Bermuda mal começou e a Orn já perdia um jogador para a Imortal Force, mas bateram em retirada ao perceber que o caldo iria azedar. Os Imortais continuaram sedentos por sangue e foram para cima da Seven. Pau que dá em chico, dá em Francisco e a Orn resolveu atrapalhar a brincadeira dos adversários e revidou a eliminação para cima da Imortal Force. Nessa confusão toda, melhor para a Orn, que saiu com três jogadores, enquanto os Imortais e Seven saíram com apenas um cada.

Mas o meta é novo e reviver está na parada. Assim, a retirada da Imortal Force se provou boa, uma vez que conseguiram voltar com os quatro jogadores e chegaram inteiros para disputar o booyah com FURIA e AmazonCripz. Do céu ao inferno. Isso descreve a queda dos gremistas, que observaram os Panteras trocarem contra a ACZ e se envolveu só para eliminar quem restou e coletar o booyah em uma queda que pareceu estar perdida logo nos minutos iniciais. Booyah da Imortal Force.


Classificação da Série B da LBFF 7

Após a quarta rodada da Semifinal da Série B da LBFF 7, a classificação ficou assim:

classificação-semifinal-4-série-b-lbff-7

Confira tudo o que aconteceu na sétima semana da Série A da LBFF 7.


A Série B da LBFF 7 volta na próxima quarta-feira, dia 23 de março, a partir das 18h (horário de Brasília). Você pode acompanhar as transmissões simultâneas no YouTubeBOOYAH e também no Facebook.

Agora os fãs podem acompanhar a LBFF pelo perfil no TikTok, além dos perfis no FacebookInstagram Twitter. Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF no Twitter.

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série B
Tags: , , , , , , , , ,