#LBFF 7 – Cavalaria assume protagonismo e domina 19ª rodada

Team Liquid desponta na reta final da competição, assume quarta colocação e encaminha classificação; LOUD e B4 completam top 3

É sobre isso
A temporada havia começado de uma das piores formas possíveis para a Team Liquid. O desempenho era irregular, o jogo não encaixava e a equipe amargava desempenhos muito distantes do esperado de um dos elencos mais fortes do cenário. Mas eles souberam ter paciência, enxergaram os próprios erros e adaptaram o estilo de jogo para finalmente assumir os ares de favorita. Na rodada de abertura da sétima semana da LBFF 7, domínio absoluto, show de MTS e superação de Phoenix. Como resultado, 89 pontos, dobradinha e um salto monstruoso na tabela, passando da 10ª para a quarta colocação e encaminhando uma classificação tranquila.

Uma consistência barulhenta
Outra equipe que não teve o começo que a torcida tanto queria é a LOUD. Com a chegada de Lost21 e as diversas mudanças no meta, o time sofria e gerava desconfiança. Mas rodada após rodada eles mostram amadurecimento e vêm aparecendo entre as melhores equipes desta reta final de Primeira Fase. Na tarde de sábado, 72 pontos, um Booyah e um show de Cauan e Kroonos, que assumiram o protagonismo que se espera de dois monstros do cenário nacional.

Os orgulhos de Machado
Quem vem mantendo a consistência ao longo de toda a temporada é a B4. Os Bastardos têm deixado Machado orgulhoso, ocupam a vice-liderança com tranquilidade – mesmo que o Magic Squad pareça tão distante – e devem brigar pelo bicampeonato na Grande Final. Em uma tarde inspirada de Yago e Chinês, a equipe não precisou de Booyah e manteve a regularidade para somar 64 pontos e completar o top 3 da rodada. Precisa de mais?

O drama sem fim
00 Nation e Miners sofrem. Rodada após rodada. Hoje não foi diferente, ambas amargaram os piores desempenhos da tarde, somaram apenas 28 e 21 pontos e devem brigar diretamente contra o rebaixamento. Ainda que consigam escapar da degola, o Grupo de Acesso não costuma ser muito agradável com equipes que chegam da Série A em busca de uma segunda chance.

destaques-rodada-19-team-liquid
2

Veja abaixo um pequeno resumo das quedas disputadas entre os Grupos A e B, válidas pela 19ª rodada da LBFF 7.


Queda 1 – Purgatório

BOOYAH: BD Vasco (28 pontos)
MVP: Lenno (5 abates)

Os Bastardos não perdoaram o audacioso avanço da 00 Nation, garantiram o squad wipe com extrema facilidade e colocaram a equipe de One9 em uma situação ainda mais delicada. Logo em seguida, foi a vez dos Guerreiros punirem o atrevimento da Raposa e anotarem quatro abates antes de serem exterminados pelo BD Vasco, que chegou em Purgatório buscando recuperar o brilho do início da temporada.

Na tentativa de avançar pela zona segura, B4 e LOUD fizeram um duelo de gigantes. Os Bastardos passaram aperto, mas superaram a Equipe do Hype e chegaram bem na disputa pela vitória da queda de abertura. Do outro lado do mapa, Fluxo, agora com Nobru, sofria nas mãos dos impiedosos Deuses que queriam subir novamente na tabela.

Se os atuais campeões chegaram completos para a disputa pelo Booyah, BD Vasco e Team Liquid não ficavam atrás. O Dragão da Colina tinha um posicionamento privilegiado, praticamente um camarote no high ground do palco da disputa decisiva. Além disso, Easy e Hender estavam inspirados, e parecia impossível pará-los. A B4 não resistiu muito tempo e a Cavalaria mostrou experiência e paciência para levar a disputa pelo Booyah para os instantes finais. Mas nem o atual MVP foi capaz de operar um milagre. O Booyah já tinha dono. O Booyah era do BD Vasco.


Queda 2 – Kalahari

BOOYAH: Team Liquid (23 pontos)
MVP: MTS (4 abates)

Durante a LBFF 7, Kalahari vem sendo um dos mapas mais calmos do cenário, ao contrário do que vimos nos outros anos. Mais uma vez as trocações demoraram a começar e apenas aos 10 minutos a primeira equipe caiu: o BD Vasco, depois de um Booyah incrível, deu um doloroso e precoce adeus.

Logo em seguida, um duelo entre desesperados. 00 Nation e Miners se encontraram nas proximidades de Cemitério de Elefantes e Natividade fez seu nome, colocou em prática toda a sua experiência e deitou One9 depois de reverter uma brutal desvantagem numérica.

A Team Liquid chegou com larga vantagem numérica no final. Mas além da vantagem, a Cavalaria tinha um inspirado MTS revivendo seus melhores dias de MVP. O Cruzeiro não foi capaz de suportar tanta pressão, e a Team Liquid escalou a tabela com um belo Booyah.


Queda 3 – Bermuda

BOOYAH: LOUD (30 pontos)
MVP: Kroonos (8 abates)

Bermuda ganhou ares cautelosos na terceira queda do dia. O primeiro wipe veio apenas aos 11 minutos, quando a NTX sofreu nas mãos do Real. As trocações não pararam mais, e rapidamente BD Vasco e Team Liquid, donas dos dois primeiros Booyahs da rodada, deram adeus. Cadê a regularidade, meu povo?

Gigantes dominaram a zona segura que se estreitava em Bimasaki. LOUD e Vivo Keyd tinham vantagem, enquanto Trap, do Cruzeiro, e Ousado, do Fluxo, resistiam e tentavam operar um milagre. Cauan brilhou com o Lança, a LOUD não tomou conhecimento de nenhum adversário e foi buscando abate por abate, posição por posição, para garantir um Booyah impressionante. 18 abates. 30 pontos. Faz o L.


Queda 4 – Purgatório

BOOYAH: BD Vasco (19 pontos)
MVP:
Chinês (7 abates)

Com uma mentalidade completamente diferente nessa reta final de Primeira Fase, o Real e-Sports não teve pena ao colocar a Miners no chão logo aos quatro minutos da segunda passagem por Purgatório. Natividade bem que tentou, mas é difícil operar vários milagres em uma única rodada.

B4 e LOUD se encontraram e a tensão tomou conta dos ares de Purgatório. Mas os Bastardos não são campeões por coincidência, e nem a empolgação de um dos maiores Booyahs da temporada foi capaz de parar a equipe de Machado.

Guerreiros e Cavalaria também protagonizaram um belíssimo duelo em um encontro pelas rotações. A situação alcançou ares dramáticos, mas a Team Liquid contou com o talento de But para superar os impiedosos campeões da quinta temporada.

As equipes começaram a evaporar e o BD Vasco buscava a dobradinha depois de duas rodadas esquecíveis. O adversário era o Cruzeiro, que desapareceu na explosão das granadas de Hender – justificando a fama de MVP?


Queda 5 – Kalahari

BOOYAH: NTX (20 pontos)
MVP: Yago (5 abates)

O Real fez uma rotação arriscada e avançou sobre a GOD Unidas, mas provavelmente se arrependeu no minuto seguinte quando acordou no lobby sem saber muito bem o que havia acontecido. Além deste, foram poucos os momentos quentes no início da segunda passagem por Kalahari.

Playground se tornou um parquinho de diversões no fechamento das zonas seguras – desculpem o trocadilho. Foram mais ou menos 25 trocações simultâneas enquanto Samuca sofria na transmissão. Miners e Fluxo rapidamente saíram da disputa, Vivo Keyd e BD Vasco também não resistiram muito tempo.

Quem se deu bem nessa brincadeira toda foram LOUD, NTX e GOD. A Nitroxx puniu o avanço descabido da LOUD e abriu a disputa pelo Booyah contra os dois últimos e valentes jogadores da GOD, que não conseguiram superar a desvantagem numérica. O Booyah caiu no colo da NTX, que precisava – e merecia – respirar um pouco na temporada.


Queda 6 – Bermuda

BOOYAH: Team Liquid (20 pontos)
MVP:
JapaBKR (4 abates)

Real e Cruzeiro foram as primeiras a cair e, logo em seguida, a 00 Nation superou a Miners em busca de respirar com um pouco mais de alívio na temporada. Ainda assim, nenhuma das duas está em situação confortável e, pelo visto, não estarão tão cedo.

As trocações demoraram a começar, mas a gente já sabe o que acontece quando começam. Novamente, as gigantes do cenário dominaram a disputa pelo Booyah. Mas a Team Liquid estava inspirada, queria a dobradinha e não tomou conhecimento dos Bastardos. Do outro lado da zona segura, Fluxo e Vivo Keyd disputavam um lugar ao sol de Bermuda.

Cavalaria e Fluxo chegaram fortes na disputa pelo último Booyah do dia. Era um duelo sincero, quatro contra quatro. Mas a regularidade da Team Liquid ao longo da 19ª rodada foi recompensada, MTS tinha suas granadas à disposição e garantiu bons abates. Ousado ainda tentou um milagre, mas já era tarde demais.

Classificação

Com o fim da 19ª rodada, a classificação da sétima temporada da Liga Brasileira de Free Fire ficou assim:

classificação-rodada-19-lbff-7

Confira o Boletim da sexta semana de LBFF 7 e todos os detalhes da Série B.


Com rodadas triplas transmitidas em TV aberta e fechada, a série A da LBFF 7 volta neste domingo, 20 de março, a partir das 13h (horário de Brasília). Acompanhe ao vivo no canal oficial de Esports no YouTube e nos perfis no TikTokFacebookInstagram e Twitter, siga a hashtag oficial #LBFF.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: , , , ,