fluxo-lbff-7

#LBFF 7 – Fluxo quebra recorde e se isola na liderança

51 abates em uma única rodada da LBFF. O Fluxo quebrou o próprio recorde e estabeleceu uma nova marca a ser batida na competição; e lidera

Agressividade parece ser a palavra da vez, e o Fluxo entende do assunto como ninguém. Os números impressionam: 188 abates em 5 rodadas, média de aproximadamente 6,25 eliminações por queda. Para se ter uma ideia, a equipe liderada por Syaz soma mais abates do que a Liberty, vice-lanterna, soma de pontos. É realmente incrível o que o time do Mestre K9 vem fazendo nesta sétima temporada.

Como se não bastasse, a equipe ainda estabeleceu um novo recorde: 51 abates em uma única rodada da fase de grupos. De quebra, garantiu seu primeiro Booyah na temporada durante a primeira passagem por Bermuda – agora só falta a Netshoes Miners para desencantar. O destaque fica por conta da dupla Ousado e Syaz, que anotou 29 abates. Como resultado, o Fluxo somou 98 pontos e se isolou na liderança da competição, com 351 pontos e 29 de vantagem sobre o BD Vasco, segundo colocado.

Quem também teve uma tarde inspirada foram Meta Gaming e Magic Squad. Em uma rodada democrática, ambas conquistaram um Booyah e somaram 82 e 79 pontos respectivamente. Os times vêm mantendo uma excelente regularidade e aparecem na terceira e quarta colocação. Por outro lado, quem não tem motivos para comemorar são Loud e Liberty, que fizeram rodadas definitivamente esquecíveis e somaram apenas 27 e 15 pontos respectivamente.

fluxo-rodada-7-lbff-7

Veja abaixo um pequeno resumo das quedas disputadas entre os Grupos B e C válidas pela sétima rodada da LBFF 7.


Queda 1 – Purgatório

BOOYAH: Los Grandes (22 pontos)
MVP:
Kiledy (5 abates)

A Liberty começou mal – e com azar – a rodada, e acabou eliminada logo no segundo minuto pelo Real e-Sports. O Real tentou manter a empolgação e mandou o Magic Squad pro lobby, mas foi vítima de uma impiedosa onda.

A Los Grandes esteve em alta durante toda a primeira partida. Meta e GOD Unidas bem que tentaram pará-los, mas o posicionamento perfeito era totalmente deles e o Booyah virou uma questão de tempo. A vítima final foi uma corajosa 00 Nation, mas não havia espaço para milagres.


Queda 2 – Kalahari

BOOYAH: Meta Gaming (21 pontos)
MVP: Fonzin (5 abates)

Os confrontos demoraram a começar em Kalahari, o que vem se tornando comum no mapa mais quente do Free Fire. A paz acabou quando One9 resolveu tirar a foice das costas e garantiu um belíssimo triple kill sobre a Liberty, mandando a equipe de volta pra sala de descanso. One9 ainda tentou superar o Real com resquícios de crueldade, mas era pedir demais.

E a insanidade não parou mais. As coisas ficaram intensas durante o fechamento da quinta safe e os times começaram a derreter na aridez do deserto. Dessa vez, quem chegou forte foi a Meta Gaming, que precisou apenas ter paciência para eliminar Fonzin, MVP da queda, que tentava uma milagrosa dobradinha para a Los Grandes.


Queda 3 – Bermuda

BOOYAH: Fluxo (26 pontos)
MVP: Hender (6 abates)

Chegamos a terceira queda do dia, chegamos ao mapa favorito de Croft. A primeira trocação foi entre Magic Squad e GOD Unidas, e os estreantes atropelaram a equipe dos Booyahs sem muita dificuldade. No mesmo instante, mas em outro canto de Bermuda, a Loud se tornava a mais nova vítima de uma impiedosa Los Grandes, que chegou no sábado disposta a escalar a tabela.

A Liberty vivia uma crise: apenas dois pontos em três quedas. Dessa vez, foram vítimas do poderoso Corinthians, que acabou caindo nas mãos do Fluxo logo em seguida – danadinhos. O Fluxo seguiu implacável em busca do seu primeiro Booyah na temporada. Se a equipe se destacava na quantidade de abates, aquele booyahzinho pra chamar de seu fazia falta. Um Booyah com 14 abates então? Perfeito. Pra constar no relatório, a vítima foi o Magic Squad. É difícil não considerar a equipe liderada por Syaz como uma das grandes favoritas da temporada.


Queda 4 – Purgatório

BOOYAH: Magic Squad (22 pontos)
MVP:
Easy (5 abates)

O Fluxo voltou com toda a sua agressividade na segunda metade do dia. K9 deixou claro que o time está confiante. Acho que é melhor os adversários ficarem de olho. A primeira vítima foi a Tropa, mas não satisfeitos eles mandaram a GOD ir conversar com os deuses mais cedo.

Fluxo e BD Vasco vinham com sede de Booyah e de liderança, mas não contavam com um bem posicionado Magic Squad, que apenas esperou para eliminar o Gigante da Colina com um pequeno milagre de Bueno, que superou dois adversários com extrema eficácia para garantir o Booyah.


Queda 5 – Kalahari

BOOYAH: GOD Unidas (20 pontos)
MVP:
JapaBKR e Ousado (6 abates)

A Liberty bem que tentou se recuperar de uma rodada esquecível e superou a Loud em grande confronto, mas acabou nas mãos de um impiedoso Fluxo e restou apenas a opção de fugir para um solitário Peczin, que virou caça. E o dia era do caçador, se é que você me entende.

Logo em seguida tivemos um curto período de paz em Kalahari. O Fluxo continuou sua onda de matança em busca da dobradinha – e em busca de um recorde? -, enquanto a GOD tentava alcançar seu sexto Booyah na temporada. Porém, a GOD Unidas tinha a vantagem numérica e, mesmo que Ousado ousasse tentar um ousado milagre, os deuses estavam do lado da GOD e o Booyah veio. Clubistas.


Queda 6 – Bermuda

BOOYAH: Corinthians (19 pontos)
MVP:
Erick (6 abates)

A Tropa foi a primeira vítima em Bermuda e a primeira vítima deles, do Fluxo. A equipe de Syaz chegou na última queda tentando quebrar o próprio recorde de 49 abates em uma única rodada – o que você acha que acontecerá nos próximos parágrafos?

O recorde veio. Com 51 eliminações, o Fluxo estabeleceu uma nova marca na Liga Brasileira de Free Fire. Nunca houve uma equipe tão agressiva, e os comandados de K9 já acumulam 188 abates em 30 quedas, uma média de 6.3 abates por queda. Impressionante.

Eclipsado pelo recorde, o Booyah foi de um bem posicionado Corinthians. O Timão não teve uma excelente rodada, mas soube respirar e se recuperar no apagar das luzes para ao menos dormir na quinta colocação da tabela.

Classificação

Com o fim da sétima rodada, a classificação ficou assim:

classificação-rodada-7-lbff-7-s3

Confira o Boletim da segunda semana de LBFF 7 e todos os detalhes da segunda semana da Série B.


Com rodadas triplas transmitidas em tv aberta e fechada, a série A da LBFF 7 volta neste domingo, 20 de fevereiro, a partir das 13h (horário de Brasília). Acompanhe ao vivo no canal oficial de Esports no YouTube e nos perfis no TikTokFacebookInstagram e Twitter, siga a hashtag oficial #LBFF.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: , , ,