Meta Gaming garantiu na última queda a classificação

Booyah! – O caminho da Meta Gaming

Depois de uma rodada mágica inicial, a queda. Agora, a Meta Gaming chega para brigar pelo seu espaço na elite do Free Fire, uma tarefa árdua.

O desempenho inicial da Meta Gaming surpreendeu, e os 94 pontos em uma única rodada só foram superados pelo Fluxo, já no final da fase classificatória. Eles começaram com tudo em sua terceira temporada na elite do Free Fire, mas a primeira rodada perfeita nunca mais foi repetida, longe disso. Agora, o time chega como uma grande interrogação para a final e precisa reagir se deseja realmente estar entre os grandes do cenário.


Posição: 12º lugar
Pontos: 528
Booyah!: 3
Abates: 213
Pontos por colocação: 315
Destaque: Lost21


Rodada a rodada

meta-gaming-stats-lbff-6

Estamos diante da equipe que deixou toda uma comunidade boquiaberta logo na segunda rodada da LBFF 6. Com 94 pontos, sendo 43 abates, a Meta Gaming cravou aquela que seria a melhor pontuação ao longo de muitas rodadas. O desempenho só foi superado pelo Fluxo, já na reta final da competição, e trouxe a promessa de uma equipe que finalmente dominaria o cenário.

Mas eles nunca mais repetiram o desempenho, nem passaram perto. A segunda melhor apresentação veio na segunda rodada e, depois disso, só superaram a marca dos 50 pontos duas vezes. A inconsistência quase custou caro e a classificação só veio na rodada decisiva após um deslize da estreante AmazonCripz.

Os números não falam a favor da Meta Gaming. A equipe chega em sua terceira final consecutiva como a pior em número de Booyah!, apenas três, e a pior em número de abates, apenas 213. A agressividade do time realmente é um ponto fraco: em três rodadas, menos de 10 eliminações somadas.

Mapa a mapa

meta-gaming-stats-lbff-6 (3)

A Meta Gaming chega como a segunda pior equipe em Purgatório dentre as classificadas, a frente apenas do Team Coda Solid. Os 137 pontos representam apenas 25% dos pontos da equipe e a call em Brasília precisa ser revista se eles quiserem buscar um milagre.

O desempenho em Bermuda traz uma pequena tranquilidade e o número de abates em Kalahari traz esperança para a equipe que, aparentemente, sabe ser agressiva quando precisa.

As estrelas da Meta Gaming

meta-gaming-stats-lbff-6 (2)

Yan7, Draxx e Lost21 somaram mais de 10 abates na rodada de estreia da Meta Gaming, mas pararam por ali. O experiente Lost21 vem sendo o destaque do time, embora não alcance a média de um abate por queda e escancara uma das maiores fragilidades do time. As trocações parecem ser o ponto fraco de uma Meta Gaming que até se garante em pontos por colocação, que representam quase 60% dos pontos somados ao longo da primeira etapa.

Por fim, o time que manteve todo seu elenco da quinta temporada ainda não encontrou a melhor formação. Nesse sentido, apenas Lost21 disputou todas as quedas pela equipe e a formação ideal para a Grande Final ainda é um mistério.

O que esperar da Grande Final

A classificação veio graças à rodada mágica inicial, mas será o time capaz de repetir o feito numa decisão cara a cara? Juntos desde a LBFF 4, com exceção de Yan7 que chegou na temporada seguinte, os jogadores chegam sem nada a perder e sem nenhuma pressão. A elite é opressora e a Meta Gaming não vive uma boa fase, mas conhecemos Free Fire.


Por fim, a Grande Final acontece no próximo sábado, dia 30 de outubro. A final da LBFF marca também o lançamento de um novo canal no YouTube focado em Esports, onde os fãs poderão acompanhar todas as lives e conteúdos sobre as séries A, B e C da LBFF, Mundial (FFWS) e outros eventos competitivos de Free Fire. 

A decisão também terá transmissões no canal oficial de Free Fire no YouTube, na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, no TikTok e, pela primeira vez, no canal de TV a cabo SPACE, a partir das 13h (horário de Brasília). Parte da WarnerMedia do Brasil, o canal SPACE, lançado em 2008, possui conteúdo de entretenimento e produções originais, além de grandes eventos esportivos.

Acompanhe a LBFF por meio dos perfis no FacebookInstagramTwitter e TikTok, além do novo canal de Free Fire Esports no YouTube.
Clique aqui para acessar as

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A