nando9-vivo-keyd-lbff-6

“O time que estiver mais preparado vai ser o vencedor”, Nando9 da Vivo Keyd

Conversamos com Nando9 sobre o desempenho pessoal na temporada, os altos e baixos da Vivo Keyd e as expectativas para a Grande Final.

Campeão nacional e Seleção LBFF da quinta temporada, em que se mostrou um dos melhores suportes do cenário nacional, Fernando Gomes, também conhecido como “Nando9”, pode até não ter ido tão bem na LBFF 6, mas tem potencial para se destacar em um time recheado de talento e experiência. Conversamos com um dos jogadores mais incríveis do cenário em sua função sobre o desempenho pessoal na temporada, os altos e baixos da Vivo Keyd e as expectativas para a Grande Final.


Terceiro melhor jogador da LBFF 5, com 107 abates em 81 quedas, e grande destaque da Vivo Keyd na campanha campeão, Nando9 não conseguiu manter o alto nível na temporada atual. As diversas mudanças no meta e a diminuição do drop de sua arma mais eficiente foram responsáveis pela queda de desempenho e exigiram adaptação: “Realmente nesta temporada eu não tive um desempenho tão bom quanto eu e a torcida esperávamos. Creio que foi por conta do meta do jogo: diminuíram o drop de Barrets nos mapas e isso influenciou no meu desempenho. Tive que me adaptar com outras armas e, assim, aprimorar minha jogabilidade.” explica o craque, que ainda é o responsável pela maior parte do dano de sua equipe.

Mas não somente Nando9 que sofreu com oscilações de desempenho ao longo da competição. Depois de um título absoluto, a Vivo Keyd chegou para a sexta temporada como grande favorita, o time a ser batido. Mas os Guerreiros não tiveram vida fácil e talvez estivessem mal acostumados com desempenhos tão impressionantes: “Estávamos em uma espécie de fase de adaptação. Por sermos os atuais campeões, entramos em uma zona de conforto e, querendo ou não, isso afetou nosso início de competição.”, diz Nando9.

As mudanças no meta foram realmente sentidas pelos campeões, que precisaram retrabalhar todas as estratégias que os levaram ao título nacional: “O meta influenciou nessa queda de rendimento. Precisávamos nos adaptar novamente a um estilo de jogo ‘sem’ suporte. Conseguimos nos adaptar apenas na metade final da competição”, complementa.

vivo-keyd-lbff-6
Imagem: Bruno Alvares & Jéssica Liar/Garena

Favoritismo é um fator que pode colocar até os times mais experientes sob pressão, o que também influencia no desempenho ao longo de uma temporada tão longa. Mas os Guerreiros parecem lidar bem com isso e, mesmo que não façam uma temporada fantástica, chegam fortes para a Grande Final: “Creio que essa pressão por ser um dos favoritos não influencie o time. Estamos focados em fazer nossa parte e trabalhar muito nos dias que antecedem a final.” Além disso, uma final cara a cara é completamente diferente, e deixa tudo aberto: “Final é um jogo totalmente diferente, o time que estiver mais preparado e em melhor condição psicológica vai sair vencedor.” afirma.

“Todos os times são competentes ao título, mas acho que dessa vez algum time será bicampeão”. Na opinião de Nando9, Fluxo e SS e-Sports, além da própria Vivo Keyd, são os mais cotados ao título. A campanha inconstante não parece assustar o time que levantou a taça na última LBFF e que, querendo ou não, é favorito. “Agradeço a todos que estão torcendo por nós. Vamos dar nosso melhor nessa final”, finaliza Fernando.


Acompanhe a LBFF 6

A final da LBFF marca também o lançamento de um novo canal no YouTube focado em Esports, onde os fãs poderão acompanhar todas as lives e conteúdos sobre as séries A, B e C da LBFF, Mundial (FFWS) e outros eventos competitivos de Free Fire. 

A decisão também terá transmissões no canal oficial de Free Fire no YouTube, na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, no TikTok e, pela primeira vez, no canal de TV a cabo SPACE, a partir das 13h (horário de Brasília). Parte da WarnerMedia do Brasil, o canal SPACE, lançado em 2008, possui conteúdo de entretenimento e produções originais, além de grandes eventos esportivos.

Acompanhe a LBFF por meio dos perfis no FacebookInstagramTwitter e TikTok, além do novo canal de Free Fire Esports no YouTube.
Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF e fique ligado em nosso site oficial.


Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: