lbff

Os palpites dos especialistas para a Grande Final da LBFF 6

Chegamos à Grande Final da LBFF 6. Confira os favoritos, as equipes que podem surpreender e os coadjuvantes segundo os especialistas.

A Fase de Grupos acabou e não há mais espaço para brincadeiras. Agora o jogo ficou ainda mais sério, e no próximo sábado (30) conheceremos o grande campeão da sexta temporada da Liga Brasileira de Free Fire. Com 12 times em uma disputa intensa, quem será que pode surpreender ou decepcionar na luta pelo caneco da LBFF 6? Conversamos com Narito, The Radiotativo e Free Fire Mais para saber suas opiniões sobre o que pode acontecer na grande final deste sábado. Afinal, eles são os Especialistas.


Narito

ss-e-sports-favorita-especialistas
SS e-Sports chega como candidata ao título, segundo Narito – Imagem: Bruno Alvares & Jéssica Liar/Garena
Título: Fluxo e SS e-Sports

Mesmo com uma final que promete ser bem equilibrada, há algumas equipes que geram uma expectativa a mais para os torcedores, dentre elas podemos destacar o Fluxo e a SS e-Sports. Ambas buscam o inédito bicampeonato da LBFF. Por um lado, o vencedor da 3ª edição tem o MVP disparado da temporada, Mts007, que ao lado de seus companheiros Phoenix e Jubinha, experientes em disputas presenciais, têm tudo para brigar pelo título.

Desde que foi anunciado, o Fluxo manteve sua base de 5 jogadores e resultados invejáveis: foi top 3 nas três etapas classificatórias da LBFF que participou, campeão da quarta temporada, vice-campeão da quinta e quarto melhor do mundo. É de se esperar que a equipe faça mais uma grande final. Vale destacar que o Fluxo garantiu 14 Booyah! na temporada e está a apenas um de ultrapassar o recorde da SS e-Sports e se tornar a equipe com mais Booyah em uma única edição de LBFF.

Pode surpreender: Nitroxx Top10

A Nitroxx foi uma equipe que surpreendeu nesta edição. O time teve uma campanha irregular até a metade da temporada, mas conseguiu encaixar seu jogo e conquistou a vaga para a final com folga. Será uma tarefa difícil, mas se Romeu e Chinês estiveram inspirados no dia, a NT10 poderá surpreender os grandes nomes do cenário.

Coadjuvante: Meta Gaming

Partindo para a sua terceira final consecutiva, a Meta Gaming chega com certa desconfiança. Diferente do que houve na temporada passada, quando a equipe fez uma boa classificatória e chegou forte para a final, dessa vez a Meta garantiu sua classificação apenas no último dia com uma vantagem apertada após não ter mostrado evolução nenhuma ao longo da temporada. Dentre as 12 finalistas, a Meta foi a equipe que menos fez abates e Booyah! na fase classificatória, além de ter sofrido para encaixar seu jogo em Purgatório, tendo uma média de 5,70 pontos por queda (a 4ª pior considerando as 18 equipes da LBFF e a 2ª pior considerando as finalistas).

Free Fire Mais

b4-favorita-especialistas
B4 chega para garantir o título depois de uma campanha impecável – Imagem: Bruno Alvares & Jéssica Liar/Garena
Título: B4 e Fluxo

Dispensando apresentações, a equipe da B4 vem com um grande favoritismo ao título devido ao seu ótimo desempenho na etapa classificatória. Os Bastardos lideraram a tabela de classificação geral durante 6 semanas consecutivas, abrindo 77 pontos de diferença sobre a SS e-Sports, vice-líder. Se eles conseguirem manter o nível de jogo na Grande Final, o resultado será o ainda inédito título.

Já a equipe do Fluxo também não fica atrás. Logo no primeiro dia de competição, o time de Nobru estava em segundo lugar com 71 pontos, ficando atrás apenas do Bonde, com 76. Eles terminaram a etapa classificatória em 3° lugar, com 711 pontos e incríveis 14 Booyah!. A equipe vem muito forte em busca do seu bicampeonato, precisando apenas encaixar seu jogo no dia.

Pode surpreender: Tropa

A equipe da Tropa apresentou um ótimo estilo de jogo durante a etapa classificatória, embora alguns erros tenham marcado a campanha. A equipe ficou em 5° lugar na tabela de classificação geral, com 650 pontos, 6 Booyah! e 246 abates. Se a equipe conseguir implementar seu estilo de jogo, visando consertar os erros, possui grandes chances de sair campeã.

Coadjuvante: Los Grandes

Após passar uma temporada na Série B da LBFF e subir por apenas um ponto de diferença, a equipe não teve um desempenho tão esperado como imaginado durante as quinta e sexta temporadas. O time até começou bem, mas no decorrer da competição se deixou levar pelos erros, o que resultou em um péssimo resultado. Eles precisam buscar encaixar o seu estilo de jogo para, quem sabe, lutar pelo título da etapa.

The Radioativo

fluxo-favorito-especialistas
Fluxo briga pelo título e o fator presencial pode ser decisivo – Imagem: Bruno Alvares & Jéssica Liar
Título: B4, Fluxo e Corinthians

Estamos caminhando para a reta final da temporada. A final presencial coloca jogadores inexperientes e outros experientes até demais frente a frente. Além do desempenho ao longo de toda a fase de grupos, o fator presencial deve ser levado em consideração na hora de escolhermos os favoritos. Por esse mesmo motivo, alguns times podem travar na hora decisiva.

É praticamente impossível escolher um favorito, mas B4, Fluxo e Corinthians parecem ser os mais preparados para o título. Os Bastardos fizeram uma campanha perfeita, então é indiscutível que chegam para buscar o troféu.

Pode surpreender: Tropa e Netshoes Miners

A Tropa teve altos e baixos durante todo o campeonato. Mas os melhores dias levaram o time a uma boa colocação na tabela. Embora seja um time estreante na Série A, conta com elenco forte e o formidável e experiente CapGui como técnico.

Já a Netshoes Miners dispensa apresentações. Com um elenco que aparece na LBFF desde a primeira temporada, o fator presencial será decisivo para que a equipe assuma uma postura diferente dentro do jogo e possa surpreender.

Coadjuvante: Meta e Nitroxx Top10

Meta e Nitroxx Top10 não demonstraram ser capazes de conseguir brigar pelo título. Ainda assim, é difícil escolher coadjuvantes entre tantas equipes fortes. Mas uma dessas duas deve ficar ao vento durante a final da LBFF 6.


Por fim, a Grande Final acontece no próximo sábado, dia 30 de outubro. A final da LBFF marca também o lançamento de um novo canal no YouTube focado em Esports, onde os fãs poderão acompanhar todas as lives e conteúdos sobre as séries A, B e C da LBFF, Mundial (FFWS) e outros eventos competitivos de Free Fire. 

A decisão também terá transmissões no canal oficial de Free Fire no YouTube, na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, no TikTok e, pela primeira vez, no canal de TV a cabo SPACE, a partir das 13h (horário de Brasília). Parte da WarnerMedia do Brasil, o canal SPACE, lançado em 2008, possui conteúdo de entretenimento e produções originais, além de grandes eventos esportivos.

Acompanhe a LBFF por meio dos perfis no FacebookInstagramTwitter e TikTok, além do novo canal de Free Fire Esports no YouTube.
Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF e fique ligado em nosso site oficial.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: , , , , , , ,