ss e-sports

Booyah! – A consistência da SS e-Sports

A SS e-Sports novamente chega como uma das favoritas, mesmo que evite o posto. Com uma consistência ímpar, será a hora do bicampeonato?

Se os Bastardos vêm carregando grande expectativas ao longo das últimas duas edições da LBFF, com a SS e-Sports é o contrário. O Suicide Squad sempre chega em silêncio e, mesmo com o título da terceira temporada, nunca sentiu pressão em conquistar o bicampeonato. Depois de passar por algumas reestruturações no elenco desde a conquista do título, finalmente a equipe manteve sua formação titular entre temporadas e o entrosamento vem fazendo toda a diferença.


Posição: 2º lugar
Pontos: 712
Booyah!: 8
Abates: 316
Pontos por colocação: 396
Destaque: Mts007


Rodada a rodada

estatísticas-ss-e-sports-rodada

Dizem que equilíbrio é tudo, e a SS e-Sports parece ter encontrado o balanço perfeito entre agressividade e estratégia ao longo da temporada. Os 316 abates concedem à equipe o posto de segunda melhor no quesito, abaixo somente da B4. Já quando o assunto é pontos por colocação, a quarta maior média da competição nos mostra um time que sempre soube se comportar estrategicamente dentro dos servidores e impor seu ritmo de jogo.

A média de 9,89 por queda impressiona e, mesmo que não sofra nenhuma pressão pelo título, dá ao Suicide Squad o posto de favorito, mesmo que indesejado. Além disso, é preciso destacar o comportamento do time na reta final da temporada: desde a 12ª rodada, a SS e-Sports soma mais do que 50 pontos. Favoritos ou não, eles merecem ao menos ser temidos.

Mapa a mapa

estatísticas-ss-e-sports-mapas

O desempenho mapa a mapa da SS e-Sports é outro exemplo de que o lado estratégico é um ponto forte da equipe – e de que Kalahari nem sempre premia esse estilo de jogo. O mapa mais quente do Free Fire é curto e a call em Prisão não parece ser das melhores atualmente. Todos esses fatores colocam a equipe como a segunda pior no mapa dentre os finalistas, superando apenas a LOUD – Butter terá trabalho ao longo da preparação para a Grande Final.

Por outro lado, Purgatório e Bermuda tem cheirinho de lar. A SS tem o segundo melhor desempenho em Purgatório, abaixo somente da B4, e o melhor em Bermuda. Os números deixam claro que se o desempenho em Kalahari melhorar, o título é uma clara possibilidade.

As estrelas da SS e-Sports

estatísticas-ss-e-sports-jogadores

Não é possível falar de SS e-Sports sem falar de Mts007. O craque vem brilhando na LBFF desde sua temporada de estreia e, nesta edição, a Coroa de MVP parece ter dono. 126 abates em 72 quedas é uma marca recorde na história da competição e se existe alguém capaz de assumir a responsabilidade e levar o título pra casa, é ele.

Mas o Suicide Squad vai além de Mateus. Mesmo com o menor número de abates entre os titulares, Phoenix é um líder estratégico e possui um conhecimento ímpar no cenário competitivo de Free Fire. Se no começo a equipe cometeu alguns erros e não esteve em seus melhores dias, a evolução ao longo do split muito se deve à ele.

BuToN007 é um aspirante à MVP. Em sua segunda temporada na LBFF, o jovem jogador já vem mostrando todo seu potencial e lidera a competição em número de assistências ao lado de LobatoAM, da B4. Por fim, Jubinha se mostra cada vez mais importante na equipe e vem fazendo uma boa temporada, mantendo uma média respeitável de abates.

O que esperar na Grande Final

Tudo pode acontecer em uma final em dia único e cara a cara. Mesmo que os jogadores não gostem do favoritismo, ele é inegável. Mts007 é um diferencial dentro dos servidores e seu talento e experiência são capazes de ganhar o título. Se a equipe mantiver o bom desempenho em Bermuda e Purgatório e se encontrar em Kalahari, o bicampeonato não seria surpresa.


Por fim, a Grande Final acontece no próximo sábado, dia 30 de outubro. A final da LBFF marca também o lançamento de um novo canal no YouTube focado em Esports, onde os fãs poderão acompanhar todas as lives e conteúdos sobre as séries A, B e C da LBFF, Mundial (FFWS) e outros eventos competitivos de Free Fire. 

A decisão também terá transmissões no canal oficial de Free Fire no YouTube, na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, no TikTok e, pela primeira vez, no canal de TV a cabo SPACE, a partir das 13h (horário de Brasília). Parte da WarnerMedia do Brasil, o canal SPACE, lançado em 2008, possui conteúdo de entretenimento e produções originais, além de grandes eventos esportivos.

Acompanhe a LBFF por meio dos perfis no FacebookInstagramTwitter e TikTok, além do novo canal de Free Fire Esports no YouTube.
Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF e fique ligado em nosso site oficial.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: ,