b4-lbff-6

O que esperar do sexto fim de semana de LBFF 6

É hora de conferir em quais equipes ficar de olho durante o fim de semana da LBFF 6 - Bastardos se isolam ainda mais? Panteras fogem da lanterna?

Estamos nos aproximando das etapas finais da LBFF 6. Os próximos três fins de semana decidirão os grandes finalistas e os rebaixados na maior competição de Free Fire nacional. A B4, que segue isolada na liderança, tem uma rodada dupla pela frente e deve aumentar ainda mais a vantagem. Além disso, os Panteras querem sair da lanterna e precisam mostrar sua reação. Quais as equipes para ficar de olho em mais um fim de semana insano de LBFF?

B4

Os líderes absolutos do campeonato terão duas rodadas para ampliar ainda mais a vantagem. Os Bastardos dominam praticamente todos os quesitos da competição, ficando atrás apenas do Fluxo em Booyahs:

  • 411 pontos – única com média superior à 10 pontos por queda;
  • 170 abates – embora a SS e-Sports tenha 173, eles já disputaram uma rodada a mais;
  • 241 pontos por colocação – quesito que lideram isolados e prova de consistência;
  • 6 Booyahs – quatro deles em Bermuda e nenhum Purgatório.

Além disso, a B4 é a única equipe que tem dois jogadores no top 10 de abates da LBFF 6: Yago, com 47 eliminações, e Lobato, com 45. Temos um favorito, senhoras e senhores?

FURIA

BielGod, da FURIA – Fotos: Bruno Alvares & Jéssica Liar

Os Panteras amargam a lanterna há um bom tempo, mas mostraram reação na última rodada. Prova disso é que eles conquistaram mais pontos nela (57) dos que nas duas anteriores somadas (56). Ainda assim, é o pior time em número de abates (apenas 84) e a pior em Purgatório – o mapa tem sido uma pedra no sapato da FURIA. Aquela agressividade com a qual nos acostumamos no passado parece estar distante: nenhum dos jogadores conseguiu uma média de abates superior a um por queda, o que ilustra bem a situação – ainda mais quando consideramos que Memgod está no time.

Resta saber se o desempenho na última rodada não foi mera obra do acaso. Fato é: se eles não reagirem logo, a Série B é logo ali.

LOUD

Uma eterna favorita, dona da maior torcida dos esports à nível mundial, mas que vem fazendo uma temporada tímida. Mesmo na oitava posição e com uma rodada a menos que os seus maiores adversários, o time do hype não parece o mesmo das últimas temporadas. Ainda assim, não dá pra duvidar de uma um dos melhores elencos da competição e nem de um Will com sua Double Vector de volta ao meta. Alcançar o topo parece ter uma receita: superar o péssimo desempenho da última rodada e mostrar que tem bala pra brigar pelo título.

Meta Gaming

Depois de um início arrasador, que abalou as estruturas do Free Fire e o coração da torcida, a Meta Gaming deu uma sumidinha. Eles passaram dos 50 pontos nas duas primeiras rodadas que disputaram na temporada, mas de lá pra cá… A 12ª colocação não reflete o potencial da equipe, mesmo que ela tenha uma rodada dupla pela frente para equilibrar as coisas. As próximas rodadas dirão se aqueles 94 pontos que encantaram não passaram de um golpe de sorte.

Real e-Sports

real-lbff-6
Real e-Sports em sua temporada de estreia na LBFF 6 – Fotos: Bruno Alvares & Jéssica Liar

O Real e-Sports não lida muito bem com o calor de Kalahari e amarga o pior desempenho no mapa mais quente do Free Fire: apenas 66 pontos por lá. Depois de um início, diríamos, contestável, eles vêm mostrando uma bela reação e somaram pelo menos 50 pontos nas duas últimas rodadas, fugindo um pouco da zona de rebaixamento e deixando a Xisde em uma situação delicada. O fim de semana de rodada dupla mostrará se eles serão capazes de lutar por uma das 12 vagas para a Grande Final.

Tropa

Dentre as cinco estreantes da temporada, a Tropa é a melhor delas – não que isso esteja significando muita coisa. A equipe de CapGui ocupa a 11ª colocação, mas terá a oportunidade de dar um belo salto na tabela se encaixar boas partidas. Boas partidas que não vêm sendo muito comuns: nas três primeiras rodadas, a Tropa manteve uma média de 65,3 pontos por rodada, já nas três últimas, apenas 40,7. Veremos como o elenco capitaneado pelo experiente Moreira reage nessa segunda metade do campeonato. Além disso, Kiled tem mostrado ser um monstrinho no Free Fire, e disputará com unhas e dentes, ou seria com foice e granadas?, a coroa de MVP.

Acompanhe a LBFF 6

As rodadas são transmitidas ao vivo e você pode acompanhar as transmissões no YouTubeBOOYAH e também no Facebook.

Agora os fãs podem acompanhar a LBFF pelo perfil no TikTok, além dos perfis no FacebookInstagram Twitter. Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF no Twitter.

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: , , , , ,