ss e-sports

Análise da Jogada: SS e-Sports interdita ponte e wipa Fluxo

Durante a 10ª rodada da LBFF 6, a SS e-Sports executou um plano maligno, interditou a ponte e eliminou um desatento Fluxo em sua rotação.

Durante a 10ª rodada da LBFF 6, a SS e-Sports deu um show de posicionamento e nos mostrou como surpreender uma equipe de forma brilhante. A jogada aconteceu durante a quarta queda do dia, e será foco da nossa análise desta semana. Iremos falar sobre a posição dos jogadores do Suicide Squad e como eles anularam as possíveis reações do Fluxo – será que você consegue por os ensinamentos em prática durante suas partidas ranqueadas?

Construção da jogada

Tudo aconteceu logo nos cinco primeiros minutos da queda, quando as equipes estavam apenas fazendo suas rotações e loots calmamente. Syaz e sua turma caíram em Central, lugar onde é possível conseguir itens interessantes, e estavam distraídos, coletando calmamente os recursos para o restante da disputa.

Mas eles não contavam com uma astuta SS e-Sports, que já havia conseguido bons equipamentos e tinha duas Double Vector à disposição. Para complicar mais um pouco, o posicionamento da equipe era muito vantajoso, resultado de um plano perfeito para dominar o mundo, digo, wipar o Fluxo. Mts007, o rei das granadas, e Phoenix ficaram na ponte, enquanto Jubinha foi o responsável pelo suporte e BuToN apenas aguardava um indefeso Fluxo.

Chegou a hora de wipar o Fluxo

O Fluxo não se deu conta da fria que estava se metendo e fez sua rotação pela ponte. Mts avistou tudo e calculou precisamente uma de suas granadas – nenhuma novidade, certo? A granada perfeita derrubou três jogadores instantaneamente. Ele preparava a segunda granada para tentar finalizar todo mundo de uma vez, mas Fac levantou alguns gelos e apenas Syaz voltou pro lobby. Fac conseguiu levantar JapaBKR, mas o Suicide Squad não estava para brincadeiras e avançou, não deixando o Fluxo respirar. Numa movimentação rápida, Japa e Fac logo caíram e, mesmo tentando reagir, não conseguiram punir nenhum jogador da SS.

Lições aprendidas

A primeira lição é o posicionamento impecável da SS e-Sports. Mas além disso, a execução da armadilha foi perfeita. Os jogadores ficaram em uma posição extremamente privilegiada, com ampla visão e diversas possibilidades de punir qualquer equipe que se aventurasse na ponte. Numa partida casual, isso também acontece frequentemente – preparar armadilhas é algo bem comum e efetivo, mas exige um bom entrosamento e uma boa comunicação para não deixar margem para pequenos desastres.

Já sobre a rotação do Fluxo, podemos dizer que faltou um pouco de atenção. Mesmo no início do jogo, é importante ter uma noção dos arredores antes de qualquer movimentação e, caso o Fluxo tivesse utilizado a parte central da ponte ou até mesmo algum veículo, dificilmente seria punido dessa forma, mesmo com o posicionamento ninja de Mts. O mais adequado nessas horas é imaginar que há inimigos em todos os cantos do mapa – tática utilizada em diversos jogos competitivos. Checar cada pixel antes do avanço é crucial para vencer partidas num cenário tão equilibrado. Provavelmente o Fluxo já fez essa rotação algumas vezes e nunca foi surpreendido, o que nos permite concluir que excesso de confiança nem sempre é bom.

Não perca a LBFF 6

A LBFF 6 volta no próximo sábado, dia 02 de outubro, a partir das 13h (horário de Brasília). Você pode acompanhar as transmissões simultâneas no YouTubeBOOYAH e também no Facebook. Enquanto isso, acompanhe nosso Boletim da Série A.

Agora os fãs podem acompanhar a LBFF pelo perfil no TikTok, além dos perfis no FacebookInstagram Twitter. Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF no Twitter.

Baixe Free Fire na App Store e Google PlayStore.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: