loud-noda-lbff-6

Análise da jogada – Noda faz chover, elimina Tropa e garante o Booyah

Confira uma análise da jogada de Noda, da LOUD, conseguindo um squad wipe para cima da Tropa e garantindo o Booyah na queda.

A análise da jogada desta semana é estrelada por Willian “Noda” de Oliveira, da LOUD, que garantiu um belíssimo squad wipe pra cima da Tropa. A jogada aconteceu na segunda queda da quinta rodada, nos confrontos entre os Grupos A e C. A vítima da semana é a Tropa, estreante de maior sucesso até agora nesta temporada. Assim como em nossas análises anteriores, iremos abordar a construção da jogada e analisar como a Tropa poderia ter evitado a tragédia.

Construção da jogada

A jogada se desenrolou já no final da queda, com três equipes vivas disputando a vitória. A LOUD estava desfalcada, com apenas dois de seus jogadores vivos: Noda e Kroonos. O time da B4 estava vivo, mas acabou sendo praticamente eliminado pela Tropa, que chegava completa e com certa vantagem de posicionamento para brigar pelo Booyah.

O momento decisivo foi quando Noda teve a calma suficiente para analisar tudo o que acontecia ao seu redor. Os Bastardos estavam atirando de uma posição contrária à deles, indicando as posições das duas equipes. Assim, Noda mostrou sua visão de um jogador profissional e logo percebeu que existia uma bela oportunidade. Sem pensar duas vezes, o craque sacou seu lança granadas e começou a fazer a festa.

Tudo aconteceu rapidamente, com o jogador da LOUD aproveitando da trocação entre B4 e Tropa. Com o caos instaurado e Noda chegando pelos flancos, logo percebemos o que poderia acontecer.

O Wipe de Noda e o Booyah!

A Tropa havia conseguido eliminar praticamente todos os jogadores da B4, restando apenas Ruan, que ainda tentou um rush milagroso. Mas Noda já tinha começado sua chuva de granadas. Ele havia percebido uma oportunidade única e começou a atirar para o interior da construção onde acontecia todo o fuzuê. Ruan e os jogadores da Tropa logo começaram a cair. Aqueles que sobreviveram à primeira investida, começaram a se movimentar para a parte exterior.

Noda rapidamente notou essa movimentação e não cessou os ataques. Encurralados, os jogadores da Tropa não tinham para onde fugir e logo o Booyah se consolidou. Em uma jogada incrível, o craque da LOUD reverteu toda a desvantagem numérica para garantir a vitória e a dobradinha na rodada.

Lições aprendidas

Além de fenomenal, a jogada foi uma aula exemplar de execução e oportunismo. De um lado, a visão profissional de um bom ataque, que se aproveitou de uma pequena janela de oportunidade, literalmente falando. Do outro, a Tropa que estava numa posição favorável, mas se movimentou de forma errada e terminou sendo eliminada.

O ataque da LOUD contou com Noda sendo rápido e preciso para aproveitar a oportunidade. Ainda assim, a escolha do equipamento certo para o momento foi crucial: o lança granadas foi o MVP da jogada, querendo ou não. O ambiente e o posicionamento dos adversários, em um lugar fechado e com poucas saídas, eram favoráveis para a arma que sempre figura entre os melhores abates das semanas.

Além disso, a zona segura estava se fechando rapidamente, o que tornou iminente uma movimentação de fuga da construção por parte da Tropa. Tudo se encaixou perfeitamente, mas saber aproveitar esses momentos raros é essencial em um jogador profissional.

A defesa da Tropa não tinha muito o que fazer em um aperto danado. O primeiro golpe de Noda era algo improvável e não poderia ser previsto. Com o abate do primeiro jogador, já era possível saber de onde vinham as granadas. Ainda assim, era necessária uma movimentação rápida e precisa, o que não deu muito certo. A Tropa não se movimentou em conjunto e ofereceu vários confrontos 1×1 para Noda, ao invés de um 3×1 onde teriam mais chances. O ideal seria deixar um jogador como responsável para proteger a janela com paredes de gel. Dessa forma, algumas granadas poderiam ter sido anuladas e, possivelmente, o desfecho seria outro.

Não perca a LBFF 6

A LBFF 6 volta no próximo sábado, dia 25 de setembro, a partir das 13h (horário de Brasília). Você pode acompanhar as transmissões simultâneas no YouTubeBOOYAH e também no Facebook. Enquanto isso, acompanhe nosso Boletim da Série A.

Agora os fãs podem acompanhar a LBFF pelo perfil no TikTok, além dos perfis no FacebookInstagram Twitter. Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF no Twitter.

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série B