lobato-b4-lbff6

Análise da jogada – LobatoAM brilha e wipa Fluxo

Confira uma análise da jogada de Lobato, da B4, onde o mesmo conseguiu um squad wipe para cima do Fluxo, de Nobru e companhia.

A análise da semana traz a incrível jogada de Matheus “LobatoAM”, da B4 eSports. Ela aconteceu durante a quinta queda da sexta rodada, nos confrontos entre os Grupos C e B. A vítima da semana: ninguém menos que o Fluxo, que a gente já sabe que tem muita bala pra trocar.

Assim como nas análises anteriores, começaremos falando da construção da jogada, sempre atentos aos momentos que a antecederam e aprofundaremos um pouco as coisas para, no final, tentarmos passar algumas lições que te ajudarão naquelas partidas ranqueadas.

Construção da jogada

A jogada conteceu aos 14 minutos de queda. Nessa altura, a B4 já tinha cinco abates conquistados em cima de Tropa e Meta Gaming. Toda a trocação aconteceu em Refinaria, região conhecida por várias disputas de call ao longo desta e de outras temporadas. A Refinaria é um dos locais com maior número de defesas dentro de zonas seguras e, além disso, é uma das áreas centrais de Kalahari, permitindo boas rotações, e sempre tem bons loots.

Numa dessas disputas de espaço, o Fluxo acabou sendo pressionado por todos os lados e, se aproveitando de toda a confusão instaurada, os Bastardos surgiram pelas costas de Syaz e companhia. Para termos uma noção melhor do cenário, imagine cinco equipes na região. Isso mesmo, cinco! Além de B4 e Fluxo, Los Grandes, Real e-Sports e Netshoes Miners estavam no local. Ou seja, o cenário estava bem caótico e, com precisão e velocidade, Lobato conseguiu achar sua janela de ação. O resultado você já sabe, um dos squad wipes mais belos da temporada – ao menos até aqui, afinal a gente conhece o Frifas.

Squad Wipe do LobatoAM na Fluxo

Lobato estava com a sua UMP e rapidamente avançou para cima do Fluxo. Primeiro, o objetivo do jogador atacou quem estava defendendo a retaguarda, fazendo de Syaz sua primeira vítima. Com a retaguarda indefesa, Lobato prosseguiu em velocidade para atacar o centro dos jogadores do Fluxo.

Seus aliados seguiram pelo caminho aberto buscando cobrir suas aberturas e o protegendo dos demais inimigos. Lobato encontrou com outros dois jogadores que estavam ocupados em confrontos com outras equipes: Nobru e Fac, que não tiveram tempo nem de reagir. A vítima final foi JapaBKR, que puxou seu lança em um claro sinal de desespero e tentou vingar seus companheiros, mas sem muito sucesso, já que acabou sendo vítima da própria granada. Lobato também foi derrubado, mas foi rapidamente trazido de volta à ação por sua equipe.

A jogada pavimentou o caminho da B4 em um dos quatro Booyahs do dia – o recorde histórico da competição. Além disso, o craque liderou o número de eliminações no mapa.

Lições aprendidas

Assim como na última semana, temos uma jogada bem rápida para analisarmos. Lobato conseguiu o feito com um certo grau de maestria, enquanto o Fluxo foi pego desprevenido e não há muito o que abordar – a equipe vinha sendo atacada de todos os lados e não havia muito a ser feito.

O mérito é totalmente de Lobato, que encontrou a oportunidade perfeita para eliminar os campeões da LBFF4. A movimentação do jogador foi precisa, buscando as brechas necessárias para garantir o wipe. É importante considerarmos que haviam cinco equipes na região e que a partida se aproximava de sua conclusão. Além disso, Fluxo e B4 haviam dominado a o local mais elevado de Refinaria, sendo que o Fluxo se encontrava mais avançado e era o alvo principal dos demais times.

Essa situação é rara em partidas comuns e devemos tentar aproveitar as chances com calma. Antes de mais nada, é necessário saber qual a sua função no time e, caso seja um dos jogadores ofensivos, siga sua intuição e tenha certeza de que seu time estará te cobrindo. Por outro lado, se você for o suporte ou um jogador que deve ficar mais recuado, busque cobrir seu aliado, ajudando-o no caminho.

Acompanhe a LBFF

A LBFF 6 volta no próximo sábado, dia 18 de setembro, a partir das 13h (horário de Brasília). Você pode acompanhar as transmissões simultâneas no YouTubeBOOYAH e também no Facebook.

Agora os fãs podem acompanhar a LBFF pelo perfil no TikTok, além dos perfis no FacebookInstagram Twitter. Clique aqui para acessar as fotos oficiais da competição e, para mais novidades, siga a hashtag oficial #LBFF no Twitter.

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: ,