Vivo keyd

Análise da jogada – Recorde de abates da Vivo Keyd

Vivo Keyd elimina 23 jogadores e consegue bater o recorde de abates! Tudo em uma única jogada - com direito a Booyah!

A LBFF chegou ao seu grande final e, depois de disputas memoráveis, a Vivo Keyd justificou todo o favoritismo e faturou o troféu. Mas o momento que mais marcou a temporada foi a quebra do recorde de abates em uma única rodada.

Na quarta queda do último fim de semana da fase de grupos, os campeões somaram nada menos do que 23 abates e o Booyah! Como resultado, o novo recorde no quesito e a demonstração clara de domínio. Naquela jogada ficou claro o porque a Vivo Keyd se tornou o time a ser batido no Free Fire Nacional.

Agora, vamos analisar toda a construção desse magnífica jogada e tirar algumas lições para levarmos pra ranqueada.

A construção da jogada

A Vivo Keyd fez uma trajetória incrível durante toda a LBFF 5, dominando a fase de grupos e se isolando na liderança durante a reta final. Além disso, o time nos proporcionou jogadas incríveis durante o split e, uma delas, foram os 23 abates em uma única queda.

No momento da nossa análise, os Guerreiros já haviam somado 17 abates e tinham pela frente a Netshoes Miners e a Meta Gaming, já num momento da queda com a zona segura bem reduzida. A VK ainda tinha seus quatro jogadores vivos, enquanto as outras duas equipes estavam com o elenco reduzido e tinham apenas três jogadores cada na briga. Como se não bastasse, os campeóes ainda estavam melhor posicionados na safe, o que permitiu que fizessem um duplo ataque.

Enquanto Nando9 marcava os jogadores da Meta, a dupla composta por DeadGOD e General cuidava da Miners. Além disso, Modestia fornecia informações para seus companheiros, cuidando de possíveis pontos cegos.

Conforme a safe foi se fechando, os times precisaram se movimentar e a Keyd usou toda a vantagem – além de todo o talento da equipe.

23 kills e um Booyah!

Com os jogadores da Keyd separados e prontos para lidarem com os avanços, tudo o que eles fizeram foi aguardar. Os times rivais não podiam fazer um movimento em falso, pois sabiam que estavam cercados e um passo errado significaria um abate.

Assim que a safe começou a fechar, o caos reinou! A Miners estava mais segura, mas tinha que cuidar do avanço da dupla DeadGOD e General, além dos disparos de Modestia. Seu espaço de avanço era minúsculo e eles não conseguiram fazer muito. General, com sua Famas, abateu o primeiro, enquanto Nando atacava os jogadores da Meta.

Sozinho, Nando9 cuidou dos três jogadores da Meta, se aproveitando de sua melhor posição. Ele abusou de sua mira extremamente afiada para eliminar a equipe que precisava se reposicionar rapidamente.

Num piscar de olhos, a Miners se viu num redemoinho criado pelos jogadores da Keyd, que avançaram agressivamente. Uma chuva de granadas começou, minando aos poucos a vida dos jogadores. Assim que suas paredes foram derrubadas, Nando e Modestia fizeram as eliminações para cravar o novo recorde.

Lições aprendidas

É difícil falar de lições aprendidas ao analisar a execução da Vivo Keyd. As equipes da Miners e da Meta Gaming não tinham muito o que fazer e não havia tática que pudesse salvá-los na situação. Assim, os jogadores tentavam um milagre e tudo acabou acontecendo dentro do esperado.

Ainda assim, os Guerreiros deram mais uma aula de posicionamento e avanço coordenado. Nando9 sabia que conseguiria cuidar sozinho dos três jogadores da Meta e conseguiu deixar seus companheiros bem tranquilos. Além disso, DeadGOD e General fizeram um avanço bem limpo, com Modestia dando a cobertura necessária.

O posicionalmento foi decisivo. A Keyd não precisou se preocupar com a safe e nem com possíveis ataques na retaguarda. Assim, conseguiram se concentrar em sua estratégia e executá-la com perfeição.

Por fim, hoje acontece o disputado Grupo de Acesso, que garante quatro vagas para a Série A da LBFF 6. Acompanhe ao vivo, a partir das 13h, nos canais oficiais do Free Fire no YouTube e na Booyah!, plataforma de streaming da Garena.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: , ,