VIVO-KEYD-LBFF

Vivo Keyd domina e garante o título da LBFF 5

Eles dominaram a fase classificatória e a grande final. Confira os destaques do dia que coroou a Vivo Keyd como grande campeã da LBFF 5

Finalmente, chegamos à grande final. Depois de seis semanas disputadas, as 12 equipes disputaram nove quedas para definir o título. Antes mesmo das equipes serem autorizadas a decolar, a Seleção da LBFF foi revelada e você confere aqui as escolhas dessa quinta temporada. Fluxo Corinthians começaram com tudo a disputa e dominaram as quatro primeiras quedas, com 2 Booyahs pra cada lado. Mas a Vivo Keyd resolveu acabar com a esperança das equipes e dominou da quinta queda em diante. Também com dobradinha, os Guerreiros são os grandes campeões da quinta edição da LBFF.

Veja abaixo um resumo das quedas disputadas.

Queda 1 – Purgatório

BOOYAH: Corinthians (+16 pontos)
Fluxo: +17 pontos / Meta Gaming: +13 pontos

Com um começo estudado, o primeiro encontro da grande final foi entre FURIA e Los Grandes. A Onda Laranja não perdeu tempo em mandar a FURIA para o lobby e amargar a 12ª colocação da primeira queda.

O Fluxo foi garantindo boas eliminações ao longo da queda. Se aproveitou do confronto entre LOUD e NT10 para eliminar Kroonos e enfraquecer os atuais vice-campeões, eliminando-os logo em seguida. O atual campeão perdeu dois de seus jogadores, mas Syaz mostrou porque é o favorito na corrida pelo MVP e garantiu um triple kill sobre a Meta Gaming.

Mesmo caindo no terceiro lugar, o Fluxo garantiu a maior pontuação de uma queda definida entre Corinthians e B4. E, justificando toda sua consistência e repetindo a história da quarta temporada, o Corinthians garantiu o primeiro Booyah da grande final.

Queda 2 – Kalahari

BOOYAH: Fluxo (+16 pontos)
Los Grandes: +15 pontos / Meta Gaming: +13 pontos

Kalahari começou mais quente e com duas das favoritas ao título sendo rapidamente eliminadas: SS e-Sports e Vivo Keyd não conseguiram segurar a pressão e acabaram dando adeus rapidamente à segunda queda do dia. O Fluxo foi aos poucos punindo seus adversários ao conseguir um bom posicionamento na zona segura.

Assistindo de longe os confrontos e esperando o momento certo de ser agressivo, os atuais campeões mostraram porque são sempre considerados favoritos e garantiram um belo Booyah!

Queda 3 – Bermuda

BOOYAH: Fluxo (+24 pontos)
Vivo Keyd: +17 pontos / SS e-Sports: +9 pontos

O mapa mais clássico do Free Fire foi também o mais estudado das primeiras três quedas. Nesse sentido, oito equipes ainda estavam de pé aos 16 minutos de queda.

Com um bom posicionamento, a Vivo KEYD foi punindo seus adversários e eliminando um a um, até se encontrar em um 4×4 honesto contra o Fluxo, líder da grande final até aqui. E mais uma vez, o MVP brilha: Syaz lança duas granadas que definem Bermuda e garantem a dobradinha da equipe.

Queda 4 – Purgatório

BOOYAH: Corinthians (+25 pontos)
Fluxo: +15 pontos / Netshoes Miners: + 12 pontos

Voltamos a Purgatório para a segunda rotação de mapas do dia. O que vimos foi uma final muito estudada e marcada por um Corinthians querendo diminuir a diferença para o Fluxo e eliminando rapidamente a LOUD.

E nessa busca pela recuperação, Corinthians e Fluxo estavam bem posicionados para uma final de incríveis trocações. Mas o alvinegro olhou para o Fluxo e falou: “Hoje não queridinho!”. Com 13 abates, o alvinegro diminui bastante a diferença e as duas equipes começavam a despontar como favoritas.

Queda 5 – Kalahari

BOOYAH: Vivo Keyd (+21 pontos)
B4: +19 pontos / Netshoes Miners: + 14 pontos

A segunda queda no mapa mais quente do Free Fire foi marcada por pequenas trocações de disputa de posicionamento. Ainda assim, era visível que algumas equipes evitavam o combate para não perder jogadores e correr riscos desnecessários para o restante da competição.

A Team Coda Solid parece ter sentido a pressão da grande final. Com apenas três abates até aqui no sábado e apenas 16 pontos somados, a equipe logo foi eliminada da queda, dando adeus às chances de título.

Dessa vez, Fluxo e Corinthians caíram cedo e abriram espaço para que outras equipes diminuíssem a distância para os líderes. Se aproveitando disso, a Vivo Keyd conseguiu um desempenho semelhante ao que a coroou como grande favorita e, com toda a agressividade característica da equipe, conseguiu um belo Booyah sobre a Netshoes Miners. Além disso, a B4 apareceu bem na queda e garantiu a segunda posição em pontuação.

Queda 6 – Bermuda

BOOYAH: Vivo Keyd (+ 21 pontos)
Meta Gaming: +13 pontos / LOUD: +12 pontos

A primeira trocação da sexta queda foi entre FURIA e Fluxo – as equipes pareciam querer punir os atuais campeões e impedir que eles se distanciassem muito na liderança. Dessa forma, o Fluxo perdeu dois de seus jogadores e precisou se adaptar à uma situação delicada na queda somente com Syaz s Fac vivos, mas que logo foram eliminados.

Se aproveitando da ausência do Fluxo, a Vivo Keyd abriu caminho para a dobradinha. Além disso, o Corinthians garantiu boas eliminações e somou 11 pontos e a Meta Gaming fez grande queda, com destaque para Yan7 e seu Lança.

Bem posicionada na safe, a Vivo Keyd mostrou seu favoritismo e eliminou a LOUD e Ousado, último jogador de pé do timão, para conquistar o Booyah! Os Guerreiros chegaram para a grande final.

Queda 7 – Purgatório

BOOYAH: FURIA (+15 pontos)
Vivo Keyd: + 16 pontos / Corinthians: + 15 pontos

A terceira e última queda em Purgatório começou com a LOUD contestando a call do Fluxo em central. E a contestação foi bem sucedida: a LOUD garantiu o squad wipe e mandou o Fluxo pro lobby na última colocação. Além disso, a Nitroxx Top10 eliminou sem muitas dificuldades a Los Grandes.

Depois de um começo explosivo, Purgatório seguiu seu ritmo habitual. Corinthians, FURIA e Vivo Keyd foram garantindo boas eliminações para disputarem o Booyah da queda. O alvinegro e os Guerreiros fizeram o grande confronto de Purgatório – a Vivo Keyd levou a melhor e conseguiu eliminar o Timão mas, logo em seguida, precisou encarar a FURIA bem posicionada.

Os Panteras atropelaram os líderes da disputa para garantir um belo e disputado Booyah.

Queda 8 – Kalahari

BOOYAH: Nitroxx Top10 (+17 pontos)
FURIA +20 pontos / Vivo Keyd: +17 pontos

Dessa vez, foi hora da LOUD ter sua call contestada. A B4 aproveitou a desatenção dos vice-campeões e, logo em seguida, a FURIA chegou para complicar ainda mais a vida da equipe do hype, que logo foi eliminada. Pouco depois foi a vez da Vivo Keyd e a SS e-Sports se encontrarem no mapa e protagonizarem uma das trocações mais insanas da grande final. Com destaque para Modestia e General, os Guerreiros garantiram o squad wipe e começam a colocar a mão na taça.

A Vivo Keyd mostrou todo seu poder novamente, em um duelo incrível contra Meta Gaming e Netshoes Miners. FURIA e Nitroxx Top10 protagonizaram a disputa pelo Booyah e foi hora da NT10 garantir a sua vitória no dia. Mesmo sem o Booyah, os Panteras garantiram a maior pontuação no penúltimo mapa do dia.

Queda 9 – Bermuda

BOOYAH: Netshoes Miners (+ 21 pontos)
Nitroxx Top10: +16 pontos / SS e-Sports: +14 pontos

A Vivo Keyd chegou na última rodada com a mão na taça. Sabendo disso, o Corinthians não tinha outra alternativa tentou contestar a call dos Guerreiros. Enquanto isso, nas jogadas que você não viu, Syaz brilhou e garantiu um quadra kill sobre a FURIA – o desempenho da estrela garantiu a conquista do MVP.

Mas não tinha mais volta. Mesmo contestada, a Vivo Keyd conseguiu se impor e garantir os pontos necessários para a conquista do título.

Netshoes Miners e Nitroxx Top10 fizeram um belo confronto para fechar a grande final. Melhor para a Miners, que fecha o dia e a grande competição que foi esta temporada da LBFF.

Classificação Final

Depois das nove quedas, a Vivo Keyd se tornou a grande campeã e leva o título pra casa. Corinthians e Fluxo completam o top 3 da edição mais equilibrada da história.

Classificação da final da decisão da LBFF 5

Por fim, no próximo dia 31 de julho teremos o disputado Grupo de Acesso, que garante quatro vagas para a Série A da LBFF 6. Acompanhe ao vivo, a partir das 13h, nos canais oficiais do Free Fire no YouTube e na Booyah!, plataforma de streaming da Garena.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: ,