B4-LBFF5

Booyah! – O poder da B4

Depois das contratações de Ruan e Lobato, os Bastardos chegam como favoritos ao título. Confira os detalhes da classificação da B4.

Depois de uma apagada quarta temporada, a B4 trouxe duas estrelas do Santos para compor seu elenco e lutar diretamente pelo título. A chegada de Ruan e Lobato badalou as manchetes do Free Fire e trouxe expectativas enormes sobre uma equipe que já vinha se destacando no cenário. Após um tempo de adaptação, a equipe mostrou todo seu potencial na competição, principalmente na segunda metade da fase de grupos, onde brilhou.

Confira os detalhes da campanha de uma das favoritas ao título, a B4.


Posição: 5º lugar
Pontos: 661
Booyahs!: 8
Abates: 274
Pontos por colocação: 387
Destaque: Yago


Média de pontos por rodada

A média de 55 pontos por rodada é digna de um campeão. Além disso, se não fosse a trágica nona rodada, onde a equipe somou desastrosos 19 pontos, a média seria bem superior e colocaria a equipe tranquilamente entre as três primeiras colocadas. Mesmo com praticamente uma rodada a menos, o nível de Free Fire apresentado pela B4 foi altíssimo.

No começo da temporada, as famosas disputas da call de Refinaria contra o Santos custaram preciosos pontos aos Bastardos. Logo as equipes abandonaram a ideia em que ambas saiam perdendo e, em seguida, a B4 trilhou um belo caminho rumo à uma tranquila classificação. O domínio absoluto na 12ª rodada e o grande desempenho na 14ª, em que ficou atrás apenas da SS e-Sports que cravou o recorde de pontos em uma única rodada da LBFF 5, selaram a classificação e garantiram o favoritismo de uma das equipes mais equilibradas do split.

Pontos e abates por rodada da B4

Desempenho por mapa

Purgatório é o grande mapa de destaque da B4. Abaixo somente da Vivo Keyd, que dominou quase tudo no split até aqui, a equipe garantiu 239 pontos mesmo sem somar muitos abates. Assim, fica evidente que a leitura de safe dos Bastardos no mapa é perfeita e ela sempre figura entre as melhores das quedas.

Kalahari foi o palco das intensas disputas contra o Santos. Enquanto as disputas duraram, as equipes amargaram as piores pontuações possíveis no mapa, o que fez com que rapidamente desistissem da disputada call de Refinaria. Como resultado, a B4 começou a se destacar no mapa e pontuar bem, recuperando os pontos desperdiçados no início da fase de grupos. Por fim, Bermuda é um mapa seguro para a equipe, mas que pode ser decisivo na disputa pelo título.

Pontos e abates por mapa da B4

As estrelas Bastardas

A chegada de Ruan e Lobato dominou as apostas da LBFF. A contratação do MVP da quarta temporada ao lado de um de seus mais fiéis companheiros é uma promessa de título e foi amplamente comentada pelos especialistas no battle royale. E os dois justificaram a contratação. Juntos, somaram 117 abates e protagonizaram a campanha da equipe.

Ainda assim, o grande destaque da B4 é Yago. Remanescente da LBFF 4, a estrela se encontrou no split e, atualmente, disputa o prêmio de MVP. Assim como VitinXP, da Team Coda Solid, o craque tem uma difícil missão pela frente: superar Syaz, do Fluxo.

Todo o elenco, liderado pelo técnico Machado, tem potencial para estar entre os líderes no próximo sábado e, quem sabe, conquistar o tão sonhado troféu da LBFF.

Abates e quedas disputadas dos jogadores da B4

O que esperar da grande final

Favoritismo. Essa é a palavra que define a equipe na grande final. Embora tenha duros adversários pela frente, a B4 não surpreenderia ninguém com uma conquista no próximo sábado, dia 24. É inegável o talento da equipe, principalmente de Ruan, e o momento de Yago é perfeito para a grande final. Caso a equipe encontre todo o seu potencial, será difícil pará-los.

Por fim, a grande final acontece no próximo dia 24 de julho, a partir das 13h (horário de Brasília). Você poderá acompanhar as transmissões ao vivo no canal oficial do Free Fire no YouTube e na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena.

Acompanhe as redes sociais da Garena no FacebookInstagram e Twitter

Categorias: Destaques, LBFF, Série A
Tags: