Team Liquid - LBFF 5

Team Liquid domina rodada mais equilibrada da LBFF 5, mas Booyah não vem

Mesmo sem Booyah, Team Liquid domina o dia mais equilibrado da LBFF 5, chega ao milésimo abate e volta a brigar pela classificação.

Em um dia marcado pela ausência da Barret M82B, que estava com um bug e foi removida até o problema ser solucionado, a LBFF se mostrou muito mais estudada e cadenciada que o comum. O destaque do dia foi a Team Liquid, que chegou ao milésimo abate, liderou a pontuação do dia e não conseguiu o Booyah.

O equilíbrio ficou escancarado nas pontuações das equipes. Enquanto a paiN Gaming sofreu e somou apenas 24 pontos, apenas 25 separaram Team Liquid e Nitroxx Top10, 11ª equipe do dia no quesito. Além disso, Fluxo conseguiu a dobradinha, somou 59 pontos e ficou com a segunda melhor marca da rodada, seguido de perto pela LOUD, com 56.

Confira um resumo das quedas da décima rodada, disputadas entre os Grupos A e B.

Queda 1 – Purgatório

BOOYAH: Santos (+21 pontos)
LOUD:+13 pontos; Los Grandes: +11

A rodada começou com a Team Liquid com 999 abates e Purgatório amaldiçoada, não permitindo o milésimo abate de uma equipe pela segunda vez – a LOUD passou pelo mesmo “problema” recentemente, em sua corrida pela marca histórica.

Em uma queda com boas e honestas trocações, Santos, Los Grandes e Meta Gaming protagonizaram o top 3 da primeira queda do dia. O Santos tinha uma posição favorável na safe e começou a punir os adversários.

Depois da Los Grandes cair, ficou fácil para os Meninos da Vila prevalecerem em um 4×2 contra a Meta Gaming.

Queda 2 – Kalahari

BOOYAH: LOUD (+14 pontos)
Meta Gaming: +14 pontos; Vivo KEYD: 12

A Los Grandes, que havia começado bem o dia, acabou sendo rapidamente eliminada pelo Fluxo, após embate com a paiN Gaming, que ficou com apenas um jogador em busca de pontos por classificação. Kalahari foi bem cadenciada, contrariando os costumes do mapa e mostrando como seria um meta sem a Barret M82B. Além disso, finalmente a Team Liquid conseguiu a marca histórica de 1000 abates! Será que só falta o Booyah na temporada para a Cavalaria finalmente deslanchar?

Mas quem deslanchou mesmo parece ter sido a LOUD. Com um bom posicionamento e em vantagem numérica, a equipe só precisou eliminar Draxx, da Meta Gaming, e garantir o Booyah.

Com apenas dois abates, a LOUD soma 14 pontos em uma queda muito equilibrada, que reflete o comportamento mais calmo das equipes, que focam em farmar e em se posicionar bem para as safes finais.

Queda 3 – Bermuda

BOOYAH: Fluxo (+23 pontos)
Team Liquid e NT10: +15 pontos; Los Grandes e SS e-Sports: +8

O mapa mais clássico do Free Fire também foi cadenciado e, com exceção do grande confronto entre LOUD e INTZ, uma queda bem calma, ao menos até o grande final.

Ainda assim, uma granada de Syaz colocou a Los Grandes inteira no chão e abriu o caminho para o Fluxo protagonizar o confronto final da queda ao lado de Vivo KEYD, Team Liquid e uma NT10 que já somava uma boa quantidade de abates.

E o mesmo Syaz tirou a chance da Cavalaria conquistar o primeiro Booyah da temporada. O Fluxo fez uma incrível jogava na safe, rotacionou com o auxílio dos gelos para eliminar os dois jogadores remanescentes da NT10 e, logo em seguida, venceu uma trocação franca contra a Team Liquid.

Com 11 abates, os atuais campeões querem se consolidar no campeonato para chegar bem na grande final.

Queda 4 – Purgatório

BOOYAH: Fluxo (+20 pontos)
Team Liquid: +19 pontos; SS e-Sports: +11

A segunda queda em Purgatório parecia um replay da primeira – uma queda calma em um sábado relativamente tranquilo em trocações.

O wipe do Fluxo sobre a SS e-Sports abriu espaço para que os atuais campeões conseguissem entrar bem na safe e repetir o confronto com a Team Liquid no final da queda.

E, novamente, o Fluxo leva a melhor no confronto em outra grande jogada de Syaz, destaque da equipe e da rodada.

Queda 5 – Kalahari

BOOYAH: Vivo KEYD (+23 pontos)
Team Liquid: +14 pontos; Los Grandes e NT10: +11

Kalahari estava tranquila até os 10 minutos de queda, quando as trocações dominaram o mapa. Novamente a Team Liquid protagoniza o top 3, dessa vez contra a Los Grandes e a Vivo KEYD.

A Cavalaria e a KEYD estavam afastadas da safe e em igualdade de posicionamento. Até que começou uma chuva de granadas de Nando9, transformando o combate rapidamente em um 4×2 a favor do Cavaleiros.

E entre Cavaleiros e Cavalaria, a KEYD garantiu o Booyah e deixou a Team Liquid, pela terceira vez consecutiva, amargando o quase. Será que o Booyah vem nessa LBFF?

Queda 6 – Bermuda

BOOYAH: INTZ (+28 pontos)
GOD Unidas e LOUD: +12 pontos; Meta Gaming: +11

A última queda do dia trouxe uma INTZ inspirada em subir algumas posições na tabela. A equipe wipou duas equipes sem muitas dificuldades e garantiu, logo de cara, bons pontos para finalizar o dia.

Mas os Intrépidos não pareciam satisfeitos. Mesmo com um jogador a menos, a equipe chegou com um bom posicionamento no alto de Factory e venceu no gás.

Um final diferente para a rodada mais equilibrada da LBFF até aqui. A INTZ somou 16 eliminações, sendo 11 de Ítalo – que empata com Lost21 em maior número de abates numa única queda na história da LBFF – e garante a vitória mais incrível da rodada.

Jogada de Mestre

A jogada do dia foi de Kroonos, que mostrou toda a mágica digna de um MVP.

Classificação

Por fim, a SS e-Sports voltar a assumir a liderança, seguida pela LOUD e pelo Corinthians, que não jogou nesse sábado e volta a brigar pelo topo no domingo (04).

Classificação da LBFF 5 após a décima rodada

Por fim, a LBFF 5 volta amanhã, dia 04 de julho, a partir das 13h (horário de Brasília) no canal oficial do Free Fire no YouTube e na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena.

Acompanhe as redes sociais da Garena no FacebookInstagram e Twitter

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Série A
Tags: , ,