FFWS

FFWS 2021 em números – um show tailandês

É hora de conferir algumas estatísticas do domínio da Phoenix Force na etapa final da FFWS 2021 SG, realizada no domingo (30)

Talvez essa seja a melhor forma de definir o que aconteceu na grande final do Free Fire World Series 2021: um show. A Phoenix Force conseguiu números absurdos na final da FFWS 2021 e conquistou o título mundial com folga e merecimento.

FFWS 2021

Agora, é hora de conferir alguns detalhes sobre o dia que coroou a equipe e marcou o início de uma nova era no Free Fire.

Mapa a mapa

Bermuda
BERMUDA-MATCH1

O domínio absoluto, sobretudo em Purgatório, trouxe médias de pontos opressivas em todos os mapas. Dessa forma, os quatro BOOYAHs conquistados durante o dia não são coincidência.

Em Bermuda, primeiro mapa da final da FFWS, a equipe da Phoenix Force somou 46 pontos, sendo 23 em cada queda. Enquanto na primeira queda foram 11 abates, na quarta foram incríveis 14 – maior número de abates em uma única queda no dia.

Além disso, TheCruz, MVP da competição, dominou o mapa e contabilizou 12 abates – média de 6 por queda. Se considerarmos apenas a final, Joena, também da Phoenix Force, foi o segundo melhor no mapa, com 6 abates.

Cauan7 foi o melhor brasileiro em Bermuda, com 11 abates em quatro quedas (o jogador disputou também a fase de play-in).

Kalahari
KALAHARI-MATCH5

Enquanto isso, Kalahari foi o único mapa onde o domínio dos tailandeses não foi tão absoluto: a equipe marcou 33 pontos no mapa, enquanto o Fluxo de Nobru, somou 32.

Mas quando o assunto é abates, Kalahari tem o domínio dos jogadores Nobru e F4K. O Fluxo tem a fama de dominar o mapa na LBFF e fez bonito também na FFWS: Nobru foi responsável por sete abates no mapa, enquanto F4K somou cinco.

NOBRU - FFWS 2021
Purgatório

34 pontos em 2 quedas – a média de 17 pontos por queda no mapa onde a equipe da Phoenix Force conquistou dois BOOYAHs pode não ser a maior da equipe, mas sacramentou a conquista do título. Mapa onde a Silence, da Rússia, também deu trabalho e somou 31 pontos.

Podemos destacar os números da LOUD, que manteve uma média de 14 pontos por queda no mapa e somou 56 pontos, considerando o play-in e a grande final.

Purgatório foi dominada por um jogador da Silence: o cazaque Skytix colocou 10 abates em sua conta; TheCruz vem logo em seguida, com 7 abates.

MVP dos MVP’s

Os números de TheCruz assustam quando comparados aos de outros jogadores. Nesse sentido, o MVP da FFWS somou 23 abates em apenas seis quedas – o mesmo número que o Brabo da Galera, Will, somou em 12. O segundo melhor jogador em número de abates na grande final foi Skyrix, da Silence, que foi responsável por 17 abates.

Além disso, com o desempenho de TheCruz, ele fica atrás somente de Will em abates considerando todas as edições de FFWS – o brasileiro tem 27 abates no total, tendo disputado as duas edições do World Series e um play-in. O craque Nobru vem logo em seguida, com 22 abates nas duas ocasiões, mas não disputando nenhum play-in.

WILL E LOUD - FFWS 2021

Por fim, TheCruz é um jogador pra se ficar de olho daqui por diante e a Phoenix Force se tornou o time a ser batido no Free Fire mundial.

PHOENIX FORCE FFWS CHAMPION

Enfim, a LBFF 5 volta no próximo dia 12 de junho e você confere todos os detalhes aqui. Para mais informações de Free Fire, acompanhe as redes sociais da Garena no FacebookInstagram e Twitter

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Categorias: Destaques, FFWS, Free Fire