Troféu FFWS

FFWS 2021 SG – os detalhes da dominação da Phoenix Force

Mundial tem domínio dos tailandeses da Phoenix Force, que sobram na conquista do título. LOUD é vice e Fluxo fica com a quarta colocação.

O dia começou com um incrível show de abertura antecedendo seis quedas de tirar o fôlego. O momento mais aguardado do ano quando o assunto é Free Fire, sagrou a equipe da Phoenix Force como grande campeã com 113 pontos, vindos de uma impressionante marca de quatro BOOYAHs e 48 abates. Dominando todo o domingo de forma impressionante, a equipe tailandesa é formada por:

  • TheCruz
  • Joena
  • Rambo
  • D_Long
  • Zeenon
  • Luks
  • Namo (técnico)

Como resultado, os campeões levam a premiação de US$ 500 mil e a alcunha de melhor time de Free Fire do mundo. Além disso, TheCruz foi o grande MVP, com 23 abates nas seis quedas – média incrível de 3.83.

A equipe brasileira da LOUD fica com o vice-campeonato, enquanto a Silence com o terceiro lugar. Enfim, confira todos os detalhes das seis quedas dessa grande final:

Queda 1 – Bermuda

BOOYAH!: Phoenix Force (+23 pontos)

Pouco mais de um minuto de queda e já tínhamos o first blood da First Raiders, mostrando que os primeiros colocados do play-in não vieram para brincadeira. Logo depois, os indonésios wiparam a equipe da Geek Fam e começaram a abrir vantagem na grande final.

Enquanto isso, a LOUD fez uma rotação em duplas e acabou sendo punida pela EVOS Divine e pela Silence, sobrando apenas Kroonos para tentar um jogo de recuperação focado em conseguir pontos por colocação.

Um início de mundial estudado, como esperado. Dessa forma, o primeiro confronto do Fluxo aconteceu já na segunda metade da queda contra uma First Raiders inspirada – melhor pra equipe indonésia, que eliminou os brasileiros na 10ª colocação.

No fechamento da quinta safe ainda restavam 7 equipes vivas. Mas, de repente, bala pra todo lado e o top 3 da queda foi disputado por Silence, Phoenix Force e Team Aze. O primeiro BOOYAH do dia foi dos tailandeses da Phoenix Force, somando 23 pontos – Team Aze e Silence completam o top 3 da queda, com 21 e 12 pontos, respectivamente. O dia não começou bem para os brasileiros: a LOUD somou oito pontos, enquanto o Fluxo apenas um.

Queda 2 – Kalahari

BOOYAH!: Phoenix Force (+23 pontos)

A queda começou com um confronto entre favoritos: LOUD e EVOS Esports contestaram Santuário, resultando em uma eliminação para cada lado.

Logo depois, foi a vez do Fluxo mostrar seu cartão de visitas e wipar a Team Aze sem perder nenhum de seus jogadores. Em seguida, os brasileiros se posicionaram bem no fechamento da quarta safe, eliminando a EVOS Divine da queda. Mas a Silence tinha a equipe brasileira na mira, que acabou eliminada na quinta colocação.

No final da queda, Phoenix Force e VIP E-sport fizeram um belo confronto, onde os tailandeses garantiram a primeira dobradinha do dia. Assim como na primeira queda, a equipe somou 23 pontos em um começo explosivo de FFWS, se isolando na liderança. Silence e Vip E-sport completam o top 3 de Kalahari, com 18 e 13 pontos. O Fluxo começava a esboçar uma reação, somando 11 pontos, enquanto a LOUD apenas dois.

Queda 3 – Purgatório

BOOYAH!: Phoenix Force (+18 pontos)

As contestações de início de queda no mundial foram constantes e Purgatório começou com a Vip E-sport wipando a equipe da Burst the Sky. Logo depois, o mapa seguiu seu script em uma queda estudada, com foco no loot.

Em seguida, a VIP E-sport acabou eliminada por uma chuva de granadas dos russos da Silence, que mostram uma tranquilidade acima do normal em cada confronto. Enquanto isso, LOUD e Fluxo entraram de vez no mundial e começaram a punir seus adversários, ficando no top 3 da queda junto da incrível Phoenix Force.

A trinca da Phoenix Force marcou um campeonato dominado pelos tailandeses, que colocavam uma das mãos na taça já na primeira metade da grande final. Com 18 pontos, a equipe abria larga vantagem na liderança, LOUD e Fluxo tiveram uma boa queda, com 16 e 14 pontos, respectivamente.

Queda 4 – Bermuda

BOOYAH!: HQ Esports (+14 pontos)

Bermuda começa com a Geek Fam garantindo duas eliminações sobre a LGDS, disputando Cape Town. A LOUD começou a queda agressiva com um posicionamento surreal e wipando a forte EVOS Divine.

A Phoenix Force mais uma vez mostrava um Free Fire do mais alto nível, eliminando a First Raiders e, em seguida, a VIP E-sport. O Fluxo teve seu primeiro confronto contra Team Aze e Geek Fam – os brasileiros garantiram cinco eliminações nas trocações. Na sequência, a LOUD avançou sobre a Silence em mais um disputado confronto, onde Noda garantiu um triple kill.

O Fluxo acabou sendo eliminado na sexta posição, enquanto a LOUD garantia um bom posicionamento e começava a punir a Burst the Sky no fechamento da quarta safe.

E o confronto final da queda ficou entre LOUD e Phoenix Force, com mais uma brilhante atuação dos tailandeses.

O BOOYAH , no entanto, ficou com a HQ Esports, que tinha um posicionamento perfeito e apenas assistiu os tailandeses entregarem a queda. Mesmo sem o BOOYAH, os líderes do mundial somaram 23 pontos em primeiro lugar na queda, enquanto LOUD e HQ completam o top 3, com 17 e 14 pontos. Fluxo também vai bem, somando 11 pontos em busca da recuperação.

Queda 5 – Kalahari

BOOYAH!: HQ Esports (+13 pontos)

O mapa mais quente do Free Fire começou com a Geek Fam wipando a equipe da LGDS. A LOUD buscava o título e eliminou a já desfalcada Team Aze e a VIP E-sport. O Fluxo também não desistia do mundial e, em grande movimentação agressiva, eliminou BTS e EVOS Divine com grande jogada de F4K.

Com grande desempenho dos brasileiros, ambas as equipes foram para o top 4 da queda, vencida novamente pela HQ Esports. Fluxo e LOUD dominaram em pontuação, com 21 e 18 pontos, respectivamente. A HQ Esports, com apenas um abate e o BOOYAH, somou 13 pontos. No momento, a Phoenix Force abria 36 pontos de vantagem na liderança e já era praticamente a campeã mundial.

Queda 6 – Purgatório

BOOYAH!: Phoenix Force (+16 pontos)

Por fim, nem céu nem inferno – o mundial termina em Purgatório. A queda começou com o Fluxo agressivo contra a VIP E-Sports, mas os brasileiros acabam caindo na 12ª colocação, dando adeus às já remotas chances de título.

Enquanto isso, a LOUD era Brasil na competição e logo eliminou a LGDS, com grande jogada do Brabo da Galera. Em seguida, foi a vez da Team Aze sofrer na mão dos brasileiros, mas a equipe deu adeus às chances de título ao ser eliminada na quinta colocação.

A final da queda e do mundial marcam o domínio da Phoenix Force. O jogo estratégico e dominante, mostrando um grande nível de Free Fire, sagrou os tailandeses como os melhores do mundo.

Tabela Final - Phoenix Force campeã
Classificação final da FFWS 2021 SG

Enfim, a LBFF 5 volta no próximo dia 12 de junho e você confere todos os detalhes aqui. Para mais informações de Free Fire, acompanhe as redes sociais da Garena no FacebookInstagram e Twitter

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Categorias: Destaques, FFWS, Free Fire