#TrajetóriaLBFF: A história da FURIA, líder da primeira metade da LBFF4

Eles querem fazer história! Conheça a jornada da FURIA no Free Fire e saiba como os atuais líderes do campeonato chegaram até aqui.

Em primeiro lugar, hoje damos início a uma nova coluna no nosso site, a ‘#TrajetóriaLBFF’. Aqui, contaremos um pouco da história dos times que disputam a LBFF e nada melhor do que começar com a equipe que atualmente ocupa a liderança da Temporada 4 da Liga Brasileira de Free Fire: A FURIA.

A FURIA comemorando mais um BOOYAH! na LBFF4

O início do sonho

Estamos falando de um dos maiores nomes dos e-Sports do Brasil e da América Latina. A organização iniciou sua história na categoria em dezembro de 2019, ao contratar os membros da Ryze, que havia conquistado a 6ª colocação na terceira edição da Free Fire Pro League. Em outras palavras, dava o primeiro passo para marcar seu nome no Battle Royale que emplaca recordes de jogadores ativos e visualizações nas redes sociais, além de ser o jogo mais baixado em 2019 e 2020.

A formação inicial era composta por AVENGED, ImJouh, ROFF, SOLOTOV e Brunin e já não existe mais. Contudo, um começo abaixo do esperado: o primeiro BOOYAH! aconteceu somente na sétima rodada da LBFF 1 e o time passou a sofrer críticas por sua inconsistência.

E não era pra menos. Na primeira temporada da LBFF conquistou apenas a oitava colocação. Alguns meses depois, se classificou para as finais da C.O.P.A. FF no apagar das luzes e amargou a última colocação nas finais.

Após uma repaginação no elenco e um bom início na terceira temporada da LBFF, a história se repetiu e o time não se saiu bem nas finais, ficando fora até da fase de play-in da competição. A pressão vinha de todos os lados nesse momento.

A esperança em 2021

No início do ano, mudanças. Enquanto permaneceram apenas Memgod e Biel7, os torcedores dos Panteras viram a chegada de One9 (um dos destaques do Santos de 2020), Field e o técnico Zaraki.

Memgod, se o campeonato terminasse hoje, o prêmio de MVP já teria dono

Agora, o ano tem se mostrado promissor e os meninos têm ocupado os tabloides do Free Fire. A consistência do time impressiona e é mostrada nos resultados: a liderança da primeira metade da LBFF 4, após 3 temporadas difíceis. 

Mas nem só de consistência vive a FURIA. O time é líder de abates e possui 3 jogadores na briga pelo MVP, isso sem contar Field, que está a um abate do top 10. Essa agressividade tem sido o diferencial da equipe, segundo One9. E a tabela de classificação deixa isso claro quando vemos que o time tem menos BOOYAH!’s que os segundo e terceiro colocados, mas mantém a liderança isolada.

Free Fire one9 Fúria - Foto 03
One9, um dos destaques dos Panteras na atual campanha

Definitivamente, essas mudanças, tanto na mentalidade como na equipe, trouxeram uma FURIA favorita ao título. Os Panteras ainda tem um longo caminho pela frente mas já despontam como um dos times a serem superados. É dona de recordes também: 21 abates em uma mesma queda, sendo nove do One9 e impressionantes 33 pontos em uma única queda, escrevendo a e gravando seu nome nos cânones do Free Fire nacional.

A FURIA volta a jogar pela Liga Brasileira de Free Fire no próximo domingo (28), buscando a permanência na liderança.

Como assistir a LBFF 4

A LBFF 4 acontece nos sábados e domingos, a partir das 13h. Agora, além de acompanhar a competição na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, e no canal oficial do Free Fire no YouTube, também será possível sincronizar o Frifas na TV aberta através da Loading, canal voltado a cultura pop e entretenimento, com transmissão também por TV por assinatura e pela internet. 

Clique aqui para acessar a grade de cobertura da Loading e verificar qual canal está disponível em sua cidade.

Categorias: Destaques, Free Fire, LBFF, Trajetórias
Tags: , ,