Boletim LBFF #4: confira tudo o que aconteceu na Semana 4 da Série A

Estamos quase na reta final da Série A da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) e a Semana 4 foi uma das mais disputadas pelos times que brigam pelo título...

Estamos quase na reta final da Série A da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) e a Semana 4 foi uma das mais disputadas pelos times que brigam pelo título de campeão brasileiro. Confira o nosso boletim que conta, no detalhe, tudo o que aconteceu na última semana da LBFF.

Resultado das quedas

Sábado, 29/02
Bermuda – BOOYAH: INTZ
Purgatório – BOOYAH: PRG
Bermuda – BOOYAH: FURIA
Purgatório – BOOYAH: INTZ
Bermuda – BOOYAH: LOUD
Purgatório – BOOYAH: Corinthians

Domingo, 01/03
Purgatório – BOOYAH: Vivo Keyd
Bermuda – BOOYAH: Corinthians
Purgatório – BOOYAH: INTZ
Bermuda – BOOYAH: FURIA
Purgatório – BOOYAH: INTZ
Bermuda – BOOYAH: Vivo Keyd

Tabela – Semana 4

Confira como ficou a tabela da LBFF após o fim da Semana 4

Destaques

INTZ na liderança

Ainda provando dos frutos do treinamento intensivo que teve durante a pausa da LBFF, a INTZ assumiu no último domingo a liderança do campeonato. Embora a vantagem em relação ao segundo colocado seja de apenas 11 pontos, os Intrépidos estão se provando como a equipe mais regular da competição. Sobrevivente em oito das últimas 24 quedas disputadas, a equipe liderada por Moreira e Aun se tornou, sem sombra de dúvidas, o time a ser batido no torneio.

INTZ é líder na LBFF! (Foto: Garena)

Efeito Mamute

Estreante na Liga Brasileira de Free Fire, Mamute, o novo jogador da FURIA, tomou os holofotes na sua estreia. A entrada do jogador mudou completamente a forma de jogar do time ex-RyZe xCry, que nas últimas duas rodadas conseguiu um BOOYAH em cada e melhorou consideravelmente a sua colocação na tabela, também devido aos outros bons resultados.

FURIA após vencer sua primeira queda na LBFF (Foto: Garena)

Evolução da SKS

Mesmo que siga na última colocação, a SKS esboçou uma melhora na última semana, se mostrando uma equipe mais agressiva e com sede de jogo. Deixando de lado a timidez, o time de Xabrau forçou rotações, buscou trocas contra outros esquadrões e segue correndo atrás do prejuízo para dar a volta por cima e conseguir salvar a sua vaga no torneio.

Baixo desempenho da Team Liquid

Depois de se firmar no topo por várias rodadas consecutivas, a Team Liquid tirou o pé no acelerador e freou no campeonato. Ainda na segunda colocação devido ao número de abates somados na última rodada, Peu e companhia precisam acordar na partida e buscar novas estratégias caso ainda queira desfrutar da liderança do campeonato.


LBFF nas redes sociais: TwitterFacebook e Instagram.

Categorias: Free Fire, LBFF, Série A, Temporada 1
Tags: , ,